fbpx

Líder Esportes

Futebol

Alvinegro vira contra o Velo e mantém 100% na A2

Felipe Manoel, Marlyson e Mazinho marcaram os gols da vitória do XV de Piracicaba

Marlyson, atacante do XV de Piracicaba, comemora o gol marcado contra o Velo Clube
Marlyson fez de pênalti o segundo gol quinzista contra o Velo Clube (Foto: Michel Lambstein)

Em sua estreia no Estádio Municipal Barão da Serra Negra, o XV de Piracicaba venceu o Velo Clube de virada por 3×2, neste sábado (6), em jogo válido pela segunda rodada da Série A2 do Campeonato Paulista. Os gols do Nhô Quim, que chegou aos seis pontos e assumiu o terceiro lugar na classificação geral, foram marcados por Felipe Manoel, Marlyson e Mazinho. Lucas Duni e Romarinho anotaram para o adversário. O Alvinegro volta a campo na próxima quarta-feira (10), às 15h, para enfrentar o EC São Bernardo fora de casa.

ESCALAÇÃO

Para o primeiro duelo como mandante, o técnico Moisés Egert repetiu o esquema 4-3-3 e a equipe titular que venceu o Sertãozinho na estreia: Matheus Nogueira; Cleiton Savedra, Renan Dutra, Adalberto e Ronaell; Felipe Manoel, Gustavo Hebling e Mazinho; Jean Dias, Marlyson e Érison. No intervalo, o treinador colocou Bruninho no lugar de Érison. Aos 27min do segundo tempo, Mazinho saiu para a entrada de Guilherme Garré e, mais tarde, Léo Duarte e Juninho Potiguar ocuparam as vagas de Jean Dias e Marlyson, respectivamente. A última mudança foi a entrada de Baraka por Gustavo Hebling.

RESUMO

O jogo em Piracicaba começou movimentado e, logo aos 5min, o adversário mostrou o cartão de visita. A bola sobrou para Lucas Duni na entrada da área e o camisa 9 bateu colocado no canto esquerdo de Matheus Nogueira para abrir o placar: 1×0 Velo Clube. O empate do XV aconteceu aos 13min e foi quase uma repetição do gol da equipe rioclarense: após jogada aérea pelo lado direito, a sobra ficou com Felipe Manoel, que pegou de primeira. O chute ainda desviou na zaga antes de estufar as redes: 1×1.

Aos 25min, Jean Dias cobrou falta na área pelo lado esquerdo e o árbitro José Guilherme Almeida marcou pênalti para o Nhô Quim após um desvio com a mão de Lucas Cunha. Marlyson pediu para bater e foi certeiro, colocando a bola no canto esquerdo de Felipe Garça, virando para o Nhô Quim: 2×1. Aos 41min, Savedra lançou Érison, que deixou a zaga para trás e quando ia entrar na grande área foi derrubado pelo goleiro Felipe Garça. O time do XV pediu a expulsão, mas a arbitragem mostrou apenas o cartão amarelo. Na cobrança, Mazinho acertou um belo chute de pé esquerdo para ampliar o marcador: 3×1.

No segundo tempo, o Velo começou tentando pressionar o XV pelos lados do campo com jogadas aéreas, mas sem sucesso. O time de Rio Claro tinha a posse de bola e o Nhô Quim apostava na velocidade e nos cruzamentos para tentar aumentar a diferença, porém não oferecia perigo. Os visitantes conseguiram diminuir aos 25min. Eurico arriscou de fora da área, Matheus Nogueira não segurou o chute e a bola ficou limpa para Romarinho empurrar para o gol. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar: 3×2. O time rioclarense tentou o empate até o último minuto, mas o Alvinegro conseguiu segurar a pressão e garantir a segunda vitória consecutiva na competição.

Voltar