fbpx
Futebol

Alvinegro faz contas para evitar vexame na Série A2

XV enfrenta o Penapolense precisando de combinação de resultados para avançar

São Bernardo 3x2 XV de Piracicaba - Campeonato Paulista Série A2 2020
Derrotado em São Bernardo do Campo, XV faz contas para tentar se classificar (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

A primeira fase do Campeonato Paulista da Série A2 termina no próximo domingo (30) com os oito jogos da 15ª rodada agendados para as 11h. O XV de Piracicaba recebe o Penapolense no Barão da Serra Negra, em duelo com as duas equipes brigando por objetivos diferentes: nono colocado com 20 pontos ganhos, o Alvinegro precisa de uma combinação de resultados para avançar às quartas de final; vice-lanterna com 12 pontos, o time de Penápolis luta para escapar do rebaixamento para a terceira divisão estadual, mas também não depende apenas das próprias forças.

“É preciso manter a cabeça no lugar, levantar a autoestima do grupo e lutar pela vitória contra o Penapolense, acreditando que é possível obtermos a vaga para a próxima fase. Temos que fazer a nossa parte e confiar que as coisas irão acontecer. Temos que ser eficientes em nossa proposta de jogo e é isso que será trabalhado”, afirmou o técnico Evaristo Piza, que terá o retorno do volante Walfrido, que cumpriu automática em São Bernardo do Campo, e do lateral-direito David, recuperado da Covid-19. O atacante Raphael Macena, em contrapartida, está suspenso.

CALCULADORA

No cenário mais improvável, o XV poderia avançar com o empate, desde que a Portuguesa Santista fosse derrotada pelo lanterna Votuporanguense, em Santos – a equipe piracicabana chegaria aos 21 pontos contra 20 da Briosa. Se vencer o Penapolense, o Alvinegro terá de ‘secar’ Monte Azul, Juventus ou Portuguesa Santista. No caso do Monte Azul, que soma 22 pontos e enfrenta o já classificado São Bento em Sorocaba, o empate não bastaria: os dois times empatariam em pontos (23) e número de vitórias (6), mas o saldo do Monte Azul é bastante superior ao do XV (9×1).

A vitória quinzista contra o Penapolense, combinado com um empate do Juventus ou da Portuguesa Santista, seriam suficientes para garantir a vaga do Nhô Quim para as quartas de final da Série A2. Em tese, a Briosa terá pela frente um adversário motivado pela fuga do rebaixamento, mas o Votuporanguense atravessa grave crise e não descarta encerrar as atividades. Já o Moleque Travesso, que também atua em casa, na Rua Javari, enfrenta o Atibaia, décimo colocado com 17 pontos, sem chances de classificação e livre da queda para a A3.A

Voltar