fbpx
Kickboxing

Alves nocauteia rival e é campeão brasileiro profissional

Lutador piracicabano conquista título inédito e repete façanha de Gustavo Piacentini em 2017

Marcos Alves, lutador de kickboxing do Centro Esportivo MR
O lutador Marcos Alves, na pesagem: piracicabano faz história no kickboxing (Foto: WGP/Divulgação)

Marcos Alves é pela primeira vez campeão brasileiro profissional de kickboxing. O lutador piracicabano nocauteou Fabiano Mineiro, em luta válida pelo peso meio-médio (-71,8 kg), na noite deste sábado (9), em Brasília (DF). O combate integrou o card principal do WGP Kickboxing, edição de número 59. O resultado oficial apontou o nocaute do piracicabano aos 2min42 do segundo round. “Não tenho palavras para dizer o quanto estou feliz. É a realização de um sonho, a conquista de algo que escolhi para a minha vida”, afirmou Alves, por telefone, ao LÍDER.

A disputa pelo cinturão aconteceu no Ginásio Nilson Nelson. Atleta do Centro Esportivo MR, o piracicabano dominou a luta, que estava prevista para cinco rounds. Dono de maior envergadura, Alves não demorou para encontrar a distância e derrubou Fabiano Mineiro pela primeira vez nos segundos finais do primeiro round, mas o adversário conseguiu se recuperar. No segundo assalto, o lutador de Piracicaba não deu qualquer chance ao rival e, mais uma vez, levou Mineiro para a lona com um high kick. A arbitragem encerrou o combate com 2min42 no relógio.

Agora campeão brasileiro profissional, Marcos Alves vive grande fase em 2019. Em Brasília, o lutador entrou no ringue com o status de favorito, embalado pelos resultados conquistados nos dois últimos eventos que havia disputado. Em julho, o piracicabano venceu duas lutas por nocaute, sagrando-se campeão do Mix Fight Standing II, em São Paulo, na categoria -71,8 kg. No mês de agosto, o atleta conquistou o título da Taça Paulo Zorello de Kickboxing, também em Brasília. Na ocasião, Alves venceu Matheus Gomes, do Distrito Federal, Luciano Boi, de Minas Gerais, e Júlio Strike, do Espírito Santo.

IGUALADO

O cinturão profissional brasileiro de Marcos Alves é o segundo conquistado por um atleta piracicabano. Em maio de 2017, Gustavo Piacentini, também atleta do Centro Esportivo MR, garantiu o título nacional na edição de número 37 do WGP, realizada no Ginásio Municipal Gualberto Moreira, em Sorocaba. Naquela oportunidade, Piacentini derrotou o goiano Douglas Nunes por decisão unânime dos árbitros após cinco rounds válidos pela categoria 62,3 kg. Atualmente, os dois atletas treinam juntos e contribuem com o desenvolvimento da modalidade em Piracicaba através do projeto Lutando para Vencer.

Voltar