fbpx

Líder Esportes

Futebol

‘Ainda não sei quando voltarei a jogar’, diz Cunha

Com contrato renovado, meia segue em recuperação após passar por cirurgia

André Cunha, jogador do XV de Piracicaba
André Cunha foi eleito o melhor meia da Série A2 do Campeonato Paulista 2018 (Foto: Arquivo/Líder Esportes)

Passados dois meses da cirurgia para reconstrução do tendão de Aquiles da perna esquerda, o meia André Cunha segue em recuperação no departamento médico do XV de Piracicaba. Com poucas restrições em alguns movimentos, o atleta já tem caminhado normalmente sem o auxílio de muletas e continua com o trabalho frequente de fisioterapia e fortalecimento muscular para retornar aos gramados. Embora o prazo de recuperação para o procedimento cirúrgico varie de três a cinco meses, André Cunha estipula uma meta de estar apto a treinar normalmente em 50 dias.

Duo Imóveis

“Completei dois meses de operação no último dia 28. Fiquei um mês sem poder colocar o pé no chão, perdi muita massa muscular e força na perna esquerda. Estou fazendo os trabalhos aos poucos e, pelas conversas com o médico, está tudo dentro do previsto. Aos poucos, estou readquirindo a musculatura, fazendo os trabalhos de força e tudo o que está ao alcance para me recuperar. Ainda não é possível dizer quando voltarei a jogar. Tem um prazo estipulado para a recuperação que varia de três a cinco meses. A Copa Paulista começa em agosto e espero que uns 15 a 20 dias antes, eu já possa estar treinando normalmente”, disse.

A lesão poderia ter colocado ponto final na carreira do meia de 39 anos, mas a vontade de continuar e o diálogo com um especialista foram determinantes para o atleta seguir em frente. Com mais um ano de contrato com o Alvinegro, André Cunha completará 40 anos durante a disputa do Campeonato Paulista da Série A2, em 2019. Porém, a decisão definitiva sobre prosseguir ou encerrar as atividades profissionais só será tomada após analisar o próprio desempenho na próxima temporada.

“Quando machuquei, pensei na questão da idade. No momento que conversei com o médico, ele me tranquilizou, dizendo que passaria por uma cirurgia e com certeza voltaria ao normal. É claro que acaba ficando uma dúvida, pois eu vinha muito bem, provando isso, estava confiante, me superando na parte física, mas quero voltar a jogar. Renovei meu contrato com o XV até 31 de julho de 2019, então é certeza que até os 40 anos eu vou jogar. Quero me preparar bem, voltar bem, para que eu possa atuar como estava atuando na Série A2. Se eu conseguir isso, ainda pretendo jogar muito mais”, completou o meia.

Voltar