fbpx
Handebol

ADH 15 é vice-campeã; balanço é positivo

Em ano de dificuldades e sem salário, time piracicabano conquista prata

*Capa: Arquivo/Adilson Zavarize/ADH 15

A equipe masculina de handebol da ADH 15 de Piracicaba é vice-campeã da Lhesp (Liga de Handebol do Estado de São Paulo). Na reedição da final de 2016, Itatiba voltou a ficar com o título: 22×19. O duelo foi disputado no último domingo (29), no Ginásio Itatiba Esporte Clube. O mando de quadra foi definido por sorteio. O time piracicabano chegou à decisão invicto, com oito vitórias e um empate, e saldo positivo de 82 gols. O resultado, porém, não foi lamentado pelo elenco.

Em 2017, o esporte amador de Piracicaba teve ‘congelada’ a verba repassada anualmente pela Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras). Em janeiro, entrou em vigor o marco regulatório do terceiro setor (Lei Federal 13.019/2014), que prevê chamamento público. A falta de recursos prejudicou o planejamento da Associação Desportiva de Handebol 15 de Piracicaba, que teve de organizar eventos para arrecadar dinheiro e contou com contribuições particulares para se sustentar.

As entidades locais, em sua maioria, dependem da parceria com a Selam para pagar os esportistas. Atletas, dirigentes e treinadores estão desde o início de 2017 sem salários. “Nem sempre a derrota é um sinal de fraqueza”, escreveu nas redes sociais o ponta-esquerda Bilico Carvalho. Na próxima quinta-feira (2), será a vez da equipe adulta feminina decidir o título da Liga Estadual. A ADH 15 de Piracicaba enfrenta Sorocaba a partir das 13h15 no Ginásio de Esportes do Parque Prezotto. A entrada é gratuita.

CADETES

A equipe masculina cadete do PDB/Selam (Projeto Desporto de Base) conquistou no último sábado (28) o título da Série Prata da Lhesp ao derrotar o Sesi Araraquara, em Rio Claro, pelo placar de 32×30. A competição foi disputada por 11 times. “Jogamos contra um adversário que havia nos derrotado na fase de classificação e tínhamos a certeza de que não seria fácil o caminho para conquistar o título. Como esperado, o jogo mostrou-se equilibrado. Nos detalhes, conseguimos o título”, elogiou a técnica Andréa Campos Spinosa.

Voltar