fbpx

Líder Esportes

Futebol

À espera do público, XV busca trinca na Copa Paulista

Jogo contra o Noroeste, que pode encaminhar classificação, deve ser o último sem torcida no Barão

Paraíba, volante do XV de Piracicaba
No primeiro jogo em casa, Alvinegro goleou o Rio Claro por 3x0 (Foto: Michel Lambstein/XV de Piracicaba)

XV de Piracicaba e Noroeste medem forças nesta terça-feira (28), às 17h, no estádio Barão da Serra Negra, pela terceira rodada da primeira fase da Copa Paulista. Líder isolado do Grupo 2, com seis pontos ganhos, o Alvinegro encaminha a vaga para as quartas de final em caso de nova vitória. A equipe de Bauru, que ainda não venceu na competição e soma apenas um ponto, divide o terceiro lugar da chave com o Rio Claro e precisa ganhar em Piracicaba para seguir vivo na briga pela classificação ao mata-mata.

A partida contra o Noroeste deve ser a última do XV sem a presença de público no Barão da Serra Negra. Na quinta-feira (23), o Comitê Científico do Governo do Estado de São Paulo autorizou a volta dos torcedores aos estádios de futebol a partir de 4 de outubro. Inicialmente, poderá ser ocupada 30% da capacidade dos estádios, número que será ampliado para 50% do público total no dia 16 de outubro. A entrada, porém, está condicionada à vacinação contra a Covid-19 com duas doses das vacinas CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer ou dose única da fabricante Janssen. O uso de máscara será obrigatório.

De acordo com o Comitê Científico, os torcedores que ainda não estiverem com o ciclo de vacinação completo devem apresentar o exame negativo para a doença, com a validade de 48h para os testes PCR e de 24h para os de antígeno. A partir de novembro, o Governo do Estado de São Paulo liberará a presença do público em 100% da capacidade dos estádios. O jogo que deve marcar o retorno do público ao Barão da Serra Negra está agendado para o dia 12 de outubro, quando o XV de Piracicaba recebe o São Bento pela quinta rodada da primeira fase.

REFORÇO

Rodrigo Sam é o novo reforço do Nhô Quim para a Copa Paulista. O zagueiro de 28 anos, que estava no Oeste, brilhou no primeiro semestre com a camisa do Água Santa, onde foi vice-campeão da Série A2 do Campeonato Paulista. A contratação coloca ponto final na carência de peças apresentada pelo setor com as saídas de Adalberto e Muriel, recém-negociado por empréstimo para a Matonense, que disputa a Segunda Divisão do Estadual. Além de Rodrigo Sam, o técnico Luciano Dias conta com os zagueiros Maurício Ramos, Gustavo Silva, João Maistro e Robson.

Voltar