Futsal

XV/Rezende segura pressão e está nas semifinais

Janaína e Jéssica marcaram para o time piracicabano em Américo Brasiliense

Nem o ginásio lotado, nem a pressão nos minutos finais foram suficientes para o Américo Brasiliense reverter a vantagem do XV de Piracicaba/Rezende/Selam no duelo válido pelas quartas de final da Liga Rioclarense, disputado nesta quarta-feira (28), no Ginásio Novênio Pavan Filho, em Américo Brasiliense. Após vencer em Piracicaba por 3×1, o XV/Rezende segurou o empate pelo placar de 2×2 na casa do adversário e garantiu a vaga para as semifinais. Na próxima fase, o Nhô Quim encara o Jahu Futsal.

Podendo empatar, equipe comandada pelo técnico Aílton Vieira não mudou o estilo de jogo em Américo Brasiliense e tentou pressionar o adversário com a marcação alta, dificultando a saída de bola do rival. E quando o time mandante conseguia chegar ao ataque, o XV/Rezende se posicionava para contragolpear com velocidade. Aos 12min, Jéssica Cristina foi letal e abriu o marcador: 1×0. A desvantagem obrigou o Américo Brasiliense a arriscar mais do que vinha fazendo e a estratégia funcionou pouco antes do intervalo, quando Viviane empatou.

EQUILÍBRIO

Na segunda etapa, os treinadores Rogério Silva e Aílton Vieira fizeram ajustes pontuais, mas o panorama permaneceu idêntico, com o Américo Brasiliense se expondo mais em busca da vitória para provocar a prorrogação e retomar a vantagem do empate, conforme o regulamento. Mas, foi o XV/Rezende que novamente marcou. Aos 4min, a experiente Janaína, que retornava após cumprir suspensão, surpreendeu a goleira Vanessa e, de cobertura, fez um golaço para calar o ginásio: 2×1.

Porém, o Américo Brasiliense não se abalou e voltou a igualar quatro minutos mais tarde, com Carolina Oliveira inflamando a torcida. Nos minutos finais, o duelo ficou dramático com a pressão da equipe da casa, que desperdiçou pelo menos três claras oportunidades para virar. Do lado de Piracicaba, o contra-ataque também não funcionou, mas, no apito final, não fez falta: empate por 2×2 que garante ao time piracicabano uma vaga na semifinal da Liga Rioclarense de futsal feminino.

Início