Futebol

XV mantém técnico e inicia ‘reforma’ no elenco

Evaristo Piza vai dirigir o time na Série A2; clube anuncia rescisões de contratos

*Capa: Arquivo/Mauricio Bento/Líder Esportes

Após a eliminação na Copa Paulista, o XV de Piracicaba volta suas fichas para o Campeonato Paulista da Série A2, em 2018. Com aproveitamento de 60,3% dos pontos que disputou, o técnico Evaristo Piza agradou a diretoria e permanece no comando da equipe para a próxima temporada. Em 21 jogos, foram 11 vitórias, cinco empates e cinco derrotas. “Isso estava acordado desde o meio de outubro, juntamente com o Celso (Christofoletti, presidente), o Beto (Souza, gestor de futebol) e o Ricardo (Moura, vice-presidente). Terminamos a competição e essa semana devemos prorrogar nosso contrato. Fico muito feliz, satisfeito e grato pelo reconhecimento do trabalho e a confiança na minha manutenção para que eu possa junto com a diretoria, nossos jogadores e torcedores fazer uma grande Série A2 em 2018”, discursou Piza.

Enquanto comissão técnica e diretoria analisam os nomes que devem compor o elenco para a disputa da Série A2, os jogadores que ainda têm contrato com o clube entraram em férias. A reapresentação está agendada para o dia 4 de dezembro. “Falei com o Beto, conversamos bastante, e percebi que o jogador para jogar no XV precisa ter rodagem, ter vivenciado situações como essa (semifinal), de nível de competições maiores. É um clube gostoso de jogar, de trabalhar, mas se os jogadores não tiverem essa experiência, eles podem se assustar um pouco, pois é uma torcida apaixonada, que incentiva, mas quando as coisas não dão certo, ela cobra. Temos que saber buscar no mercado, dentro do orçamento, para fazer uma equipe semelhante a essa, competitiva e que busque o objetivo que é retornar à elite”, completou Piza.

Evaristo Piza, técnico do XV de Piracicaba

Evaristo Piza continua no comando do XV de Piracicaba em 2018 (Foto: Michel Lambstein/Divulgação)

ELENCO

Nesta segunda-feira (13), o XV de Piracicaba começou a definir as situações contratuais de parte do elenco que disputou a Copa Paulista. Os laterais Crystian, que estava emprestado ao clube pelo Penapolense, e Flávio, que não chegou a entrar em campo pelo Nhô Quim, além do zagueiro Marcão, emprestado pelo Votuporanguense, assinaram as rescisões e não fazem mais parte do plantel. O zagueiro Rodrigo também rescindiu o contrato. Embora a diretoria tenha tentado a renovação com o zagueiro, as partes não chegaram ao acordo, já que o jogador tem propostas de equipes da Série A1, caso do São Caetano.

“Nós vínhamos negociando com o empresário do Rodrigo para uma possível renovação há semanas, mas, infelizmente, não chegamos ao acordo financeiro. O jogador segue com a carreira dele e nós continuamos trabalhando para definir a equipe que defenderá as cores do XV na briga para voltar à Série A1”, disse o gestor Beto Souza. O goleiro André Luiz, emprestado pelo XV de Jaú, também deixa o clube piracicabano. As situações do lateral-esquerdo Samuel e do meia André Cunha continuam indefinidas. O contrato de ambos termina dia 30 de novembro. O meia já foi avisado pela diretoria sobre a intenção de renová-lo, enquanto as chances do lateral permanecer são menores.

Em contrapartida, o meia Léo Carvalho, emprestado pelo Penapolense e com contrato próximo do fim, já assinou um pré-contrato com XV para a disputa da Série A2 do Paulista. O lateral-esquerdo Pedrinho, embora ainda não tenha assinado a renovação, também está apalavrado com o Nhô Quim. Os zagueiros Doni e Lucas Cunha; os volantes Bruno Formigoni, Gilson e Fraga; o meia Alex Willian; e os atacantes Bruninho, Rafael Gomes e Washington Tito possuem contratos mais longos e, a princípio, devem seguir em 2018. O goleiro Mateus Pasinato está em avaliação no Brentford, time da segunda divisão da Inglaterra, e deve ser transferido.

Bruno Formigoni, volante do XV de Piracicaba

O volante Bruno Formigoni deve permanecer no XV em 2018 (Foto: Marcelo Germano/Líder Esportes)

Início