Futebol

XV enfrenta a Portuguesa para se livrar da A3

Apenas a vitória salva o time piracicabano do segundo rebaixamento seguido

O lateral-esquerdo Samuel está confirmado na partida
O lateral-esquerdo Samuel está confirmado na partida contra a Lusa (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

De domingo (23) não passa. Obrigado a vencer para escapar do rebaixamento para a Série A3, o XV de Piracicaba recebe a Portuguesa, às 16h, no estádio Barão da Serra Negra, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Série A2. Com 22 pontos e apenas quatro vitórias em 18 jogos, o Alvinegro não tem outra alternativa a não ser ganhar para fugir da degola. A equipe do técnico Vica está em 15º lugar na classificação geral e abre o Z-6, mas depende apenas do próprio resultado para se salvar. A Lusa tem 23 pontos e ocupa a 12ª posição, precisando de um empate para não cair sem fazer contas.

Para o último compromisso na competição estadual, Vica não deve mexer na equipe

Para o último compromisso na competição estadual, Vica não deve mexer na estrutura da equipe. O atacante Bruno Santos, recuperado de lesão na coxa, voltou a treinar, mas dificilmente será relacionado para a partida. O XV deve entrar em campo com Mateus Pasinato; Zé Mateus, Rodrigo, Doni e Samuel; Gilson, Clayton e Gilsinho; Romarinho, Bruninho e Rafael Gomes. “A princípio, manteremos a base que vem jogando, principalmente no desenho tático da equipe. Será um jogo não só muito estudado, mas também um jogo de superação”, disse o treinador.

Nos dias que antecederam a partida, o elenco do Nhô Quim pediu apoio aos torcedores. O goleiro Mateus Pasinato foi quem puxou a fila. “Nós esperamos um clima de decisão, com os torcedores nos apoiando do início ao fim, como aconteceu em várias oportunidades. O apoio será um fator determinante. Como a própria torcida canta, é a maior do interior e precisamos dela ao nosso lado durante os 90 minutos. Tenho certeza que, com eles nos apoiando e com a nossa determinação, vamos conseguir a vitória e a permanência na Série A2”, disse o camisa 1.

Capitão do time, Clayton destacou a importância de evitar a afobação. Segundo o volante, a falta de tranquilidade pode atrapalhar o desempenho da equipe. “Precisamos de equilíbrio. Claro que desejamos fazer o gol o quanto antes, mas enfrentaremos um adversário muito competente e qualificado, então devemos tomar nossos cuidados”, afirmou. “Temos a partida inteira para conquistar o objetivo, é preciso ter paciência e inteligência, pois não vamos resolver de qualquer jeito”, completou o capitão.

MATEMÁTICA

De momento, quatro equipes já estão rebaixadas matematicamente – Capivariano, Mogi Mirim, Rio Preto e União Barbarense. Cinco times ainda brigam para não cair: Barretos, XV de Piracicaba, Velo Clube, Votuporanguense e Portuguesa ainda brigam contra o descenso para a terceira divisão do futebol estadual. Para o XV, apenas uma vitória contra a Lusa livra o clube do segundo rebaixamento consecutivo. A equipe da capital depende de um empate para permanecer na Série A2, mas também poderá escapar em caso de derrota, desde que Velo Clube ou Votuporanguense não vençam na rodada.

A situação do Barretos é a mais complicada. Jogando em casa, a equipe só consegue escapar do rebaixamento se derrotar o Velo Clube por três gols de diferença e o Nhô Quim não ganhar da Lusa. Ao Velo Clube, um empate é suficiente para permanecer na divisão. Uma derrota por até dois gols de diferença, desde que o XV não vença, também livra o Galo. O Votuporanguense também não terá vida fácil. Precisando de um empate, o CAV jogará em Bragança Paulista, contra o Bragantino, que luta por classificação para a próxima fase. Desde que não sofra uma goleada (mais de três gols de diferença) e o XV de Piracicaba não vença, a equipe de Votuporanga consegue permanecer na Série A2 mesmo com derrota.

Estádio Barão da Serra Negra

A expectativa é de que 5.000 torcedores empurrem o XV contra a Portuguesa (Foto: Líder Esportes)

INGRESSOS

A diretoria do XV anunciou na última segunda-feira (17) uma promoção para o duelo contra a Portuguesa: quem for ao estádio vestido com a camisa do XV no ato da compra, pagará meio-ingresso em qualquer setor do Barão da Serra Negra, ou seja, R$ 10 na antiga geral e R$ 20 nas cadeiras cativas. A venda começou quinta-feira (20) e no dia da partida, as entradas podem ser obtidas das 9h ao intervalo do confronto.

Além dos torcedores com uniforme, têm direito a pagar metade do preço os aposentados, estudantes, professores da rede pública de ensino e pessoas com deficiência. A apresentação do documento é obrigatória. Não pagam para entrar no estádio as crianças menores de 14 anos, desde que acompanhadas pelo responsável, idosos portadores da carteira da Prefeitura de Piracicaba (acesso exclusivo pelo portão 1) e cadeirantes (acesso exclusivo pelo portão 7).

Início