Futebol

XV é derrotado na estreia da Copa São Paulo

Alvinegro faz boa partida, mas sofre com a eficiência do rival na bola parada

XV de Piracicaba x Vila Nova-GO - Copa São Paulo de Futebol Júnior 2017
O centroavante Hugo quase deixou sua marca no primeiro tempo do jogo (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

O XV de Piracicaba começou com derrota a edição 2018 da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Apesar do bom futebol apresentado, o time piracicabano perdeu por 2×0 para o Vila Nova-GO, que foi mais eficiente no ataque e anotou seus dois gols em lances de bola parada. A partida válida pelo Grupo 16 foi disputada na tarde desta quarta-feira (3), no estádio Dr. Novell Júnior, em Itu. O próximo compromisso do Nhô Quim na competição está agendado para sábado (6), às 14h, contra o líder Ituano, que estreou com goleada sobre o Santa Cruz-AL pelo placar de 4×0. Os dois primeiros colocados de cada chave avançam para o mata-mata.

O XV foi a campo escalado pelo técnico Diego Favarin com Rander; Blener, João Maistro, Gabriel Henrique e Rubens Carvalho; João Pedro, Luiz Carlos e Diego Xavier; Agnaldo, Hugo e Erison. A primeira chance de gol da partida foi criada aos 5min pelo time piracicabano. Em cobrança de falta ensaiada, Diego Xavier rolou para Luiz Carlos, que aproveitou a liberdade dada pelos adversários para soltar a bomba. A bola acertou o travessão do goleiro Léo Lang e quicou sobre a linha, mas não entrou.

XV de Piracicaba x Vila Nova-GO - Copa São Paulo de Futebol Júnior 2017

O  XV de Piracicaba começou a Copa São Paulo com a escalação acima (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

O Vila Nova começou a gostar do jogo e a controlar a posse de bola a partir dos 10min. A equipe goiana concentrava os lances de ataque pelo lado esquerdo e tinha no meia-atacante Hurick seu homem mais perigoso. Aos 12min, o camisa 7 do Vila Nova cruzou para a área e o centroavante Phillippe não alcançou a tentativa de finalização. No lance seguinte, foi a vez do volante Wibson cabecear para defesa segura de Rander. Aos 19min, porém, o goleiro do XV nada pôde fazer. De falta, Hurick acertou o ângulo: 1×0.

Nervoso, o XV começou a apresentar dificuldades ao sair para o jogo. O Vila Nova não adiantou a marcação, mas quando conseguiu o desarme na intermediária, contra-atacou com velocidade. Aos 25min, Phillippe aproveitou um vacilo alvinegro e bateu rasteiro com muito perigo. A bola parada era a melhor alternativa encontrada pelo time piracicabano na etapa inicial. Aos 31min, Diego Xavier cobrou falta e acertou a rede, mas pelo lado de fora. O XV cresceu nos instantes finais do primeiro tempo.

XV de Piracicaba x Vila Nova-GO - Copa São Paulo de Futebol Júnior 2017

Hurick celebra o primeiro gol do jogo: meia foi o melhor em campo (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

Antes do intervalo, foram três chances para empatar: João Pedro obrigou Léo Lang a espalmar a pancada de longa distância; Erison girou sobre a marcação de Nicolas, mas finalizou sobre o gol; Hugo conseguiu espaço para concluir na entrada da área e errou o alvo. Na volta para o segundo tempo, os treinadores não fizeram substituições. O XV continuou melhor. Aos 30 segundos, Rubens Carvalho deixou o marcador na saudade e enfiou para Erison, que escapou de um defensor e serviu o camisa 9 Hugo. A finalização, porém, saiu sem direção.

Apesar da pressão, a bola parada voltou a ser decisiva a favor do time goiano. Aos 17min, Baiano cobrou escanteio e o atacante Phillippe subiu sozinho e cabeceou para baixo, ampliando o marcador: 2×0. O gol diminuiu o ritmo do time piracicabano, que só voltou a ameaçar o rival aos 30min, em ocasião construída por dois jogadores que vieram do banco de reservas: David Vieira escorou de cabeça e deixou Gustavo em ótima condição para diminuir, mas o goleiro Léo Lang fez excelente defesa, naquele que foi o último lance de perigo do jogo.

Início