Futebol

XV de Piracicaba arranca empate em Penápolis

Alvinegro ainda depende das próprias forças para chegar às quartas de final

Penapolense 1x1 XV de Piracicaba
Com o empate em Penápolis, o XV chegou aos seis pontos no Grupo 5 da Copa Paulista (Foto: Michel Lambstein)

O XV de Piracicaba continua dependendo da própria força para chegar às quartas de final da Copa Paulista. Com um gol do polivalente Zé Mateus no segundo tempo, o time piracicabano arrancou o empate por 1×1 em Penápolis, neste sábado (8), contra o Penapolense, pela quarta rodada da segunda fase. O resultado manteve o Alvinegro na segunda colocação do Grupo 5, agora com seis pontos, dois a mais que o Penapolense e quatro atrás do São Carlos, líder da chave e próximo adversário da equipe comandada pelo técnico Cléber Gaúcho. O compromisso está marcado para quarta-feira (12), às 20h, em São Carlos.

São Carlos e XV medem forças na quarta-feira, em São Carlos, pela 5ª rodada

O Penapolense dominou o primeiro tempo no estádio Tenente Carriço. O goleiro Mateus Pasinato trabalhou pela primeira vez aos 5min, quando Cassinho invadiu a área e exigiu a defesa do goleiro, que deu rebote. Na sobra, Fio perdeu a chance ao isolar sem marcação quando tinha tudo para abrir o placar. O panorama do jogo não estava favorável ao XV. Desfalcado de Lucas Cunha, suspenso, Cléber Gaúcho escalou Nando para compor a zaga ao lado de Rodrigo, mas o camisa 3 deixou o campo lesionado e cedeu o lugar para o zagueiro Pablo.

Obrigado a vencer, o Penapolense parou outra vez em Mateus Pasinato aos 19min. Após jogada individual, Fernando escapou de dois marcadores e arriscou a conclusão da entrada da área, mas o goleiro estava atento e evitou o gol. Acuado, o Nhô Quim cozinhou a partida, mas não conseguiu segurar o empate antes do intervalo. Aos 47min, o zagueiro João Victor aproveitou disputa de bola dentro da área, pegou o rebote e chutou forte, inapelável para Mateus Pasinato: 1×0 Penapolense.

O gol mudou o desenho do jogo para o segundo tempo. Em desvantagem, o XV reiniciou a partida melhor que o adversário e com outra postura. Aos 7min, o goleiro Walter levou o primeiro susto: Samoel Pizzi protegeu a bola entre dois defensores e serviu o artilheiro Romarinho, que tentou a finalização colocada e quase igualou o marcador. Dois minutos depois, Zé Mateus criou o lance que ele próprio completou, de pé esquerdo, à direita da meta de Walter. O empate parecia maduro, mas…

REVIRAVOLTA

O Penapolense acordou aos 19min e poderia ter ‘matado’ o jogo em rápido contra-ataque puxado por André Cunha, que terminou com Fio cara a cara com Mateus Pasinato. Livre de marcação, o atacante escolheu o canto e acertou a trave. A resposta do XV veio seis minutos mais tarde e foi fatal. Aos 25min, Clayton lançou Zé Mateus dentro da grande área e o lateral-direito chutou na saída de Walter para empatar: 1×1. O time de Penápolis acusou o golpe e, para piorar, perdeu Nandinho, expulso, aos 35min. Com espaço para trabalhar, o Nhô Quim teve ainda a chance de voltar para casa com três pontos na bagagem, mas Barreto errou o alvo depois de receber passe de Romarinho, no último lance do duelo no estádio Tenente Carriço.

FICHA TÉCNICA

Clube Atlético Penapolense

1  PENAPOLENSE

Walter; Nandinho, João Victor, Márcio e Jacio (Pedrão); Cesinha, Fernando, André Cunha e Fio; Cassinho (Rafael Rosa) e Robert (Caíque). Técnico: Evaristo Piza

Esporte Clube XV de Piracicaba

1  XV DE PIRACICABA

Mateus Pasinato; Zé Mateus, Rodrigo, Nando (Pablo) e Samuel; Maranhão, Clayton e Barreto; Samoel Pizzi (Lucas Pavone), Romarinho e Rodolfo (Rafael Gomes). Técnico: Cléber Gaúcho

Gols: João Victor (PEN) aos 47min/1ºT; Zé Matheus (XV) aos 25min/2ºT| Árbitro: José Cláudio Rocha Filho | Cartões amarelos: Jácio e Nandinho (PEN);  Lucas Pavone, Maranhão e Rodolfo (XV) | Cartão vermelho: Nandinho (PEN) | Público: não divulgado | Renda: não divulgada

Início