Futebol

Técnico ‘revoluciona’ time; Clayton se despede

XV pode ter cinco mudanças na equipe titular; volante deixa o Nhô Quim

Clayton fez 136 jogos pelo XV de Piracicaba antes de deixar o clube (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

A derrota para o Brusque-SC, no último sábado (27), foi determinante para o técnico Márcio Fernandes testar diversas mudanças na equipe titular durante os treinamentos da semana. No coletivo realizado na tarde desta quinta-feira (1º), Fernandes escalou o XV de Piracicaba com quatro alterações em relação à equipe que encarou o time catarinense. No decorrer do treinamento, mais uma alteração foi realizada. Recuperado de lesão na coxa, Vinícius Simon está de volta a zaga.

Além dele, o zagueiro Lucas Cunha, o meia-atacante Serginho e o atacante Carlos Alberto também treinaram entre os titulares. Com isso, Zé Mateus, Léo Carvalho, Gilsinho e Frontini acabaram treinando entre os reservas. Após 20 minutos de treino, Márcio Fernandes sacou Caíque e deu oportunidade a Bruno Formigoni. Com dois gols de Carlos Alberto, o time titular venceu os reservas por 2×0. Entre as alterações, a que chamou mais atenção foi a saída do lateral Zé Mateus para a entrada do zagueiro Lucas Cunha na direita.

Em entrevista coletiva realizada antes do treinamento, Fernandes explicou o motivo da mudança. “Ainda vamos definir essa posição, mas algo que me preocupou no jogo passado foi a facilidade que nós fomos envolvidos, principalmente por esse lado direito. Estamos analisando uma outra forma de poder ter uma marcação mais rígida ali e, consequentemente, a gente tem jogador do meio para frente para decidir”, disse o treinador quinzista. O XV de Piracicaba volta a campo no domingo (4), às 15h30, para encarar o Operário-PR, no estádio Germano Kruger no Paraná.

DESPEDIDA

Após 136 partidas com a camisa do XV de Piracicaba, chegou a hora do adeus. Com o fim do contrato, o volante Clayton, capitão do Alvinegro no título da Copa Paulista em 2016, seguirá carreira em outra equipe. “Infelizmente, ele não vai continuar conosco neste momento. Gostaria muito de agradecer todo o empenho e dedicação enquanto nosso atleta. Desejo, também, que ele tenha sucesso e seja feliz em sua vida pessoal e profissional”, disse Celso Christofoletti, presidente do XV. “O Clayton foi um jogador muito importante para o XV de Piracicaba nos últimos anos. Sendo assim, fica a história positiva que ele fez aqui e nós seguimos a nossa busca pelo acesso à Série C do Campeonato Brasileiro”, complementou o vice-presidente e diretor de futebol do clube, Ricardo Moura.

Início