Futebol

‘Sempre quis jogar no XV’, diz Bruno Formigoni

Com seis baixas confirmadas, elenco passa por reformulação para o Brasileiro

Volante Bruno Formigoni e zagueiro Marcos Vinícius, apresentados pelo XV de Piracicaba
Formigoni deve permanecer no clube; Marcos Vinícius rescindiu o contrato (Foto: Arquivo/Evandro Pelligrinotti)

A partida contra a Portuguesa, no último domingo (23), foi marcante para o volante Bruno Formigoni. Com fratura em duas vértebras da coluna, após uma dividida na partida contra o Penapolense, o jogador estava praticamente descartado para o restante do Campeonato Paulista da Série A2. Com uma recuperação rápida, que acabou surpreendendo inclusive o departamento médico do XV de Piracicaba, Formigoni voltou ao campo nos minutos finais da partida contra o União Barbarense.

Contra a Lusa, o jogador atuou durante todo segundo tempo do jogo, substituindo Clayton, lesionado. Após a permanência confirmada na Série A2, Formigoni deixou o campo chorando. “Fiquei muito emocionado por tudo que passei. Eu vi no XV uma chance de crescer na carreira. Não podia começar com um rebaixamento, vim aqui para fazer uma história. Não vim para fazer média com ninguém, vim para retomar a minha carreira e fazer uma história aqui. Sempre tive vontade de jogar no XV”, disse o jogador.

“Comecei no banco e depois tive uma sequência muito boa na equipe titular, conquistando meu espaço, mas aí veio a lesão. Foi um momento muito difícil, pois todos já davam como certo a minha saída do campeonato. Eu tive muita fé e acreditei que poderia voltar e ajudar. Fui privilegiado por Deus”, afirmou Formigoni. “O último jogo, como a gente fala, era jogo para homem. Saímos perdendo, mas no último minuto conseguimos reverter a situação. A torcida não merece, a cidade não merece, mas infelizmente deixamos muito a desejar neste campeonato. Saímos de cabeça erguida”, complementou o volante.

PREPARAÇÃO

Após se reapresentar na tarde de quarta-feira (26), o elenco do XV de Piracicaba segue os trabalhos até sexta-feira (28) e descansa no fim de semana. Na segunda-feira (1º), o técnico Marcio Fernandes inicia o trabalho à frente do Nhô Quim. Passando por uma reformulação, o elenco quinzista já tem algumas situações definidas. Os zagueiros Neto e Marcos Vinícius, o meia Dodô e o lateral-direito Carlinhos rescindiram contrato com o clube no inicio da semana. O lateral-esquerdo Cléber e o atacante Bruno Santos não terão os vínculos renovados. O zagueiro Rodrigo, o meia Barreto e o atacante Samoel Pizzi seguem com a situação indefinida.

A diretoria segue em busca de reforços. O volante Willian Favoni, ex-Veranópolis-RS, deve ser o primeiro a assinar contrato para a sequência da temporada. O jogador, que já se apresentou ontem ao clube piracicabano, realizará exames médicos antes de ser anunciado oficialmente como reforço para o Campeonato Brasileiro da Série D. O XV de Piracicaba estreia na quarta divisão do futebol nacional no dia 21 de maio, às 16h, contra o São Paulo-RS no Barão da Serra Negra.

Início