Jiu-Jitsu

Recuperado, Thiago Monte quer título nacional

Piracicabano vai ao Campeonato Brasileiro e se diz confiante: 'Estou preparado'

Thiago Monte, atleta de jiu-jitsu
Thiago Monte, em treinamento com o mestre Alessandro Bandeira (Foto: Leonardo Moniz/Líder Esportes)

O lutador piracicabano Thiago Monte disputa entre os dias 25 e 30 de abril o Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu, competição organizada pela CBJJ (Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu) que será realizada nas dependências do Ginásio Poliesportivo José Corrêa, em Barueri. O atleta participa da categoria médio (82,3 kg) com quimono, faixa preta máster 2. A competitividade será alta: 49 atletas estão inscritos na categoria. Aos 37 anos, o piracicabano defende a equipe Alliance Rio de Janeiro e participa de eventos desde quando começou no esporte, em 2001, sob a batuta do mestre Alessandro Bandeira.

Entre os candidatos ao título, figura o nome de Adriano Silva. Porém, o piracicabano descarta qualquer favoritismo quando é questionado sobre o evento nacional. “O favoritismo não entra no tatame. Na competição, cada um faz sua luta e vence quem estiver melhor preparado. Isso inclui condição física, psicológica e quem treinou mais. É quase impossível chegar sem nenhuma lesão, sempre há alguma dor. Particularmente, eu estou preparado. Na categoria faixa preta, vence quem errar menos. Eu vejo dessa forma”, afirmou.

SEM PRESSÃO

Perguntado sobre a lesão na coxa que o deixou fora do Pan, nos Estados Unidos, Thiago Monte diz que faz parte do passado. O atleta ainda garantiu que não há nenhum sentimento de ‘pressão’ para ir ao pódio em Barueri. “Estou 100% fisicamente, treinando muito, em dois horários. Estou muito focado e bastante motivado. Não carrego o Brasileiro como obrigação de ganhar, não posso encarar isso como obsessão. Vou para lutar, dar o meu melhor. O Pan ficou para trás, é passado. Aumentar a pressão poderia me prejudicar”, disse Thiago Monte.

Em relação ao número de rivais na categoria, o atleta piracicabano admite que terá pela frente adversários complicados. Como baixou o peso recentemente (82,3 kg) para disputar o certame nacional, Thiago Monte tem poucas informações sobre os concorrentes ao título. “A categoria é complicada, conheço poucos adversários. O Adriano Silva é o mais renomado, um excelente atleta. Vi algumas lutas dele, é muito forte. Serão muitas lutas, mas treinei muito para chegar lá. O nível é altíssimo”, completou o lutador, que tem apoio de Claudinho Restaurantes, Oss Kimonos, Sindicato dos Metalúrgicos e Vazta Moda Estilos.

Início