Canoagem

Quinteto participa do Brasileiro de Rafting

Piracicabanos disputam competição em Socorro neste fim de semana

Ascapi - Campeonato Brasileiro de Rafting R4
A categoria é disputada com bote para quatro atletas, além de um reserva (Foto: Antonio Zappellini/Click Adventure)

Felipe Victório, João Vitor Machado, Pedro Aversa, Thiago Diniz e William Ferraz viajam nesta sexta-feira (7) para a cidade de Socorro, onde acontece Campeonato Brasileiro de Rafting R4, categoria disputada com bote para quatro atletas, além de um reserva. O quinteto da Ascapi/Selam (Associação de Canoagem de Piracicaba) luta pelo título nas quatro provas que serão realizadas no rio do Peixe: tiro livre (100 pontos), tiro dual (200), slalom (300) e descida (400). O regulamento indica que a equipe que somar o maior número de pontos é a campeã.

“A expectativa é excelente. A equipe acumula longa experiência na canoagem slalom e, em 2016, começou a disputar as primeiras posições com as melhores equipes nacionais do rafting”, afirmou Gustavo Gozzo, coordenador e técnico da Associação de Canoagem de Piracicaba. Além dele, a comissão técnica é formada por Leonardo Bueno e Camila Breve. Entre os atletas, Pedro Aversa chega motivado para o evento. O canoísta foi destaque na primeira edição do Campeonato Rio Selvagem de Caiaque Extremo, disputado no último fim de semana em Extrema (MG).

TREINAMENTO

Dedicados exclusivamente ao alto rendimento na canoagem, Denis Quellis e Thiago Serra treinam desde janeiro com a seleção brasileira permanente, em Foz do Iguaçu (PR). A dupla foi convocada devido ao posicionamento no ranking nacional do ano passado e integra a elite da canoagem no país. Mais experiente, Serra defende a seleção brasileira desde 2011. Nesta temporada, o atleta busca vagas para as etapas das Copas do Mundo e o Mundial na França, em setembro.

Revelação da canoagem, Denis Quellis foi chamado pela primeira vez para a seleção brasileira permanente em 2015. Na ocasião, o atleta ainda competia pela categoria júnior, que compreende canoístas com idade limite de 18 anos. Em 2017, ele estreia na categoria sub-23. De acordo com a comissão técnica, o principal objetivo de Quellis é a classificação para o Mundial Júnior e Sub-23, que acontece em Bratislava, na Eslováquia.

Início