Karatê

Quem segura? Hernani é campeão brasileiro

Atleta piracicabano conquista quinto título na temporada em Manaus

Hernani Veríssimo, atleta da equipe de karatê Sport Way Piracicaba
Hernani Veríssimo, atleta da equipe Sport Way Piracicaba: campeão mais uma vez! (Foto: Líder Esportes)

“Quem pode parar Hernani Veríssimo?” É esta a pergunta do momento entre os apaixonados pelo karatê. O lutador piracicabano está ‘impossível’. Nesta sexta-feira (10), o atleta conquistou mais um título, desta vez pelo Campeonato Brasileiro Universitário, disputado na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, em Manaus (AM). É o quinto título dele na temporada de estreia pela categoria -75 kg sênior. Além do ouro conquistado por Hernani, a delegação piracicabana traz para casa a medalha de bronze com Maria Eliza na categoria -55 kg.

“Os resultados não são por acaso. O Hernani é um atleta que se dedica muito e isso se vê claramente durante os treinamentos. Estamos muito felizes com o desempenho dele e entendemos que há margem de progressão”, afirmou Diego Spigolon, treinador da seleção brasileira de karatê e também da equipe piracicabana da equipe piracicabana Sport Way/Selam/Phitofarma/Mil & Ross/JF Comercial/Onodera/Galileo Grill/Tatu Suplementos.

SUPERCAMPEÃO

Hernani Veríssimo estreou na temporada em Aracaju (SE), onde conquistou o título da Seletiva Nacional 1, competição que rendeu a ele uma vaga na seleção brasileira adulta da categoria. “Estou muito feliz. Dá para dizer que é a recompensa pelo trabalho que estamos fazendo. Todos os momentos em que treinamos não foram em vão. Chegou minha vez”, disse Hernani. Na sequência, o atleta piracicabano foi campeão da Copa Brasil, disputada em Pouso Alegre (MG) – a premiação, entretanto, ainda não foi paga pela organização.

Em abril, Hernani Veríssimo conquistou a medalha de ouro no 4º Aberto Internacional Arnold Classic – Brasil. Na ocasião, o atleta da academia Sport Way venceu os quatro combates que disputou na categoria -75 kg individual e ganhou 60 pontos no ranking nacional da CBK (Confederação Brasileira de Karatê). O resultado mais surpreendente, porém, veio no dia 27 de maio: o título pan-americano no Rio de Janeiro, com direito ao triunfo por 5×0 contra o líder do ranking mundial, o norte-americano Tom Scott.

Início