Opinião

Piracicaba no caminho certo

Sempre sonhei ser um futebolista. Quando criança, na zona leste da Capital, nutria o forte desejo de me transformar em um jogador de sucesso, tipo Jorginho ou Baroninho, dois dos muitos craques da década de 1980. Aos 12 anos, fui à vizinha Guarulhos para uma peneira no clube do mesmo nome, atualmente na quarta divisão paulista. Frustração total. Era tanto candidato a craque que o teste acabou sem que eu tivesse a chance de “desfilar” naquele terrão.

Na sétima série ainda me aventurei no atletismo. Com algum sucesso. Cheguei a ser selecionado pelo professor de educação física para um torneio no Ibirapuera. Mas não fui porque arrumei um emprego na mesma época. Assim, ficou sepultado o meu sonho. Minha então futura brilhante carreira esportiva terminara ali. O consolo seria estudar e ser jornalista esportivo. Menos mal. Continuaria envolvido nesta magia!

Alguns anos e muitas laudas depois, cheguei a Piracicaba. Cidade abençoada que pulsa o esporte! Há uma década aqui, posso afirmar que a Noiva da Colina tem em seus atletas um de seus “orgulhos”, ao lado do rio que dá nome ao município, de sua cultura e do XV de Novembro. Futebol, tênis de mesa, atletismo, karatê, taekwondo, canoagem, esportes a motor… é uma infinidade de talentos brotando!

Piracicaba tem feito a lição de casa e, com isso, vem sendo destaque não somente em nível estadual, mas nacionalmente e, ouso dizer, em nível mundial também. Para quem sonhou um dia ser uma estrela do futebol, fico extremamente feliz ao ver (e escrever) que a cidade que adotei como novo lar é medalha de ouro no quesito “apoio ao esporte”. Que em 2016 o sucesso seja multiplicado! É o meu desejo.

Erivan Monteiro é jornalista e cronista esportivo

Início