Canoagem

Piracicaba leva 5 atletas ao Brasileiro de Rafting

Competição está agendada para o dia 7 de abril; Ascapi disputa Copa Brasil

Ascapi/Selam (Associação de Canoagem de Piracicaba)
A estreia da equipe piracicabana no rafting acontece em Socorro, no rio do Peixe (Foto: Ascapi/Divulgação)

A Ascapi/Selam (Associação de Canoagem de Piracicaba) antecipou para o dia 7 de abril a estreia na temporada 2017. Antes de embarcar para Tomazina (PR), que será palco para a primeira etapa da Copa Brasil de Canoagem Slalom entre os dias 21 e 23, a equipe piracicabana participa do Campeonato Brasileiro de Rafting R4, cuja categoria é disputada com bote para quatro atletas, além de um reserva. O evento acontece no rio do Peixe, em Socorro. Felipe Victório, João Vitor Machado, Pedro Aversa, Thiago Diniz e William Ferraz representam a Noiva da Colina na competição.

O Brasileiro de Rafting é composto por quatro provas: tiro livre (100 pontos), tiro dual (200), slalom (300) e descida (400). O regulamento indica que a equipe que somar o maior número de pontos é a campeã. “A expectativa é excelente. A equipe acumula longa experiência na canoagem slalom e, em 2016, começou a disputar as primeiras posições com as melhores equipes nacionais da modalidade rafting”, afirmou Gustavo Gozzo, coordenador e técnico da Associação de Canoagem de Piracicaba. Além dele, a comissão técnica é formada por Leonardo Bueno e Camila Breve.

PERMANENTE

Os atletas Denis Quellis e Thiago Serra treinam desde janeiro com a seleção brasileira permanente, em Foz do Iguaçu (PR). A dupla foi convocada devido ao posicionamento no ranking nacional do ano passado e integra a elite da canoagem nacional. Experiente, Serra defende a seleção brasileira desde 2011. Nesta temporada, os objetivos se concentram na conquista de vagas para as etapas das Copas do Mundo e o Mundial na França, em setembro.

Revelação da modalidade, Denis Quellis foi convocado pela primeira vez para a seleção brasileira permanente em 2015. Na ocasião, o atleta ainda competia pela categoria júnior, que compreende canoístas com idade limite de 18 anos. Em 2017, a jovem promessa da Associação de Canoagem de Piracicaba estreia na categoria sub-23. De acordo com a comissão técnica, o principal objetivo de Quellis será a classificação para o Mundial Júnior e Sub-23, que acontece em Bratislava, na Eslováquia.

Início