+ Esportes

Piracicaba inicia Jogos Regionais com 5 títulos

Apesar do grave impasse financeiro, delegação mostra força em competição

Frederico Mitooka, técnico do Centro de Alto Rendimento Dojan Nippon - Taekwondo Piracicaba
O mestre Frederico Mitooka é o responsável pelo taekwondo (Foto: Arquivo/Líder Esportes)

Piracicaba estreou com o pé-direito na edição 61 dos Jogos Regionais, que começou no último sábado (22), em Lençóis Paulista. Neste fim de semana, a delegação piracicabana conquistou o título da competição em quatro modalidades: biribol, capoeira feminino, capoeira masculino e tênis masculino. Hoje (24),  Piracicaba garantiu o título feminino de taekwondo. Comandada pelo treinador Frederico Mitooka, a equipe fez 48 pontos e superou Bauru, Igaraçu do Tietê e São Carlos. No masculino, a Noiva da Colina conquistou a segunda colocação, enquanto São Carlos ficou em primeiro lugar.

Os Jogos Regionais terminam no próximo domingo (30) e Piracicaba defende o título geral do evento. No futebol masculino, a equipe sub-20 do XV, que representa a cidade, estreou com vitória. O time comandado pelo técnico Fábio Stabellin jogou nesta segunda-feira (24) e venceu a representação de Boraceia por 1×0, gol do atacante Juninho. O XV volta a campo terça-feira (25), às 9h30, para enfrentar Dóis Córregos. Na abertura do Grupo A, o rival empatou por 1×1 com Boraceia.

A equipe feminina de futsal do XV de Piracicaba/Rezende/Selam também estreou com o pé direito e emplacou uma goleada na abertura dos Jogos Regionais. O time piracicabano derrotou a representação de Barra Bonita pelo placar de 4×0, nesta segunda-feira (24), pela primeira rodada da competição. Tamiris (2), Daiane e Bruninha marcaram para o Nhô Quim, que volta a entrar em quadra nesta terça-feira (25) para enfrentar Lins às 14h.

FINANÇAS

A verba da Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras) destinada ao esporte local está emperrada desde o início do ano, quando entrou em vigor o marco regulatório do terceiro setor (Lei Federal 13.019/2014). A legislação indica que o repasse de verbas para as associações esportivas poderá ser efetivado após o chamamento público, fórmula de seleção da melhor proposta obrigatória para a celebração de convênios com entidades sem fins lucrativos.

O prazo mínimo para recebimento de propostas é de 30 dias. O repasse acontece apenas depois que as entidades tenham se adequado às regras. Geralmente feito entre fevereiro e março, mês em que tem início as competições esportivas, o repasse em Piracicaba deverá acontecer apenas em novembro. A maioria das entidades locais depende do convênio com a Selam para pagar os esportistas. Assim, os atletas, dirigentes e treinadores que defendem Piracicaba em Lençóis Paulista estão desde o início de 2017 sem ‘salários’.

Início