Kickboxing

Piacentini provoca rival: ‘Vai se arrepender’

Piracicabano convoca torcida para luta em casa na 31ª edição do WGP

Gustavo Piacentini enfrenta Renzo Martinez no WGP 31, dia 2 de julho, em Piracicaba
Gustavo Piacentini enfrenta Renzo Martinez no WGP 31, dia 2 de julho, em Piracicaba (Foto: Divulgação)

Tetracampeão brasileiro de kickboxing, o lutador Gustavo Piacentini vai disputar em casa o WGP 31 (WAKO Grand Prix), maior evento e principal organização de luta em pé da América Latina. O piracicabano enfrenta no dia 2 de julho o campeão boliviano, Renzo Martinez, em combate que será realizado no Ginásio Municipal Waldemar Blatkauskas. A programação começa às 18h, com nove lutas pelo card preliminar e cinco duelos pelo card principal, que tem início previsto para as 20h. O evento será transmitido ao vivo para todo país no Bandsports, Canal Combate e Esporte Interativo.

Piacentini tem um cartel de 57 lutas, sendo 51 vitórias, 5 derrotas e 1 empate

Além de Gustavo Piacentini, Piracicaba também será representada pela atleta Cristmi Pafaro no card principal – a piracicabana enfrenta Juliana Werner. A programação ainda conta com a disputa de um GP, quando quatro lutadores fazem semifinal e final no mesmo dia, pela categoria 78,1 kg. O evento principal será a disputa do cinturão entre os pesos pesados – o paraguaio Carlos ‘Cliford’ Meza desafia o brasileiro Felipe Micheletti, de Sorocaba.

Recordista de títulos dos Jogos Abertos, tetracampeão brasileiro e tri da Copa do Brasil, Piacentini faz a principal luta da carreira dentro de casa. O lutador elogiou as qualidades do adversário, mas mostrou confiança ao ser perguntado sobre o que espera do combate. “É um adversário experiente e rápido, que tem um volume bom de jogo. Ninguém é campeão nacional à toa, mas estou confiante e treinando para sair do ringue com a vitória. O Renzo vai se arrepender de me desafiar em minha própria cidade”, disparou o atleta, treinado pelos técnicos Wilson Teodoro e Marcos Ribeiro, além do preparador físico Yuri Henrique.

O piracicabano espera contar com apoio em massa dos torcedores e quer o ginásio municipal lotado. “Vai ser uma experiência única, é a primeira vez que a cidade recebe um evento deste porte e espero contar com a presença do público. Piracicaba é uma cidade apaixonada por lutas, é uma grande oportunidade para quem gosta de esportes de combate”, completou. Somando as competições amadoras e profissionais, Piacentini tem um cartel de 57 lutas no kickboxing, sendo 51 vitórias, cinco derrotas e um empate.

INGRESSOS

As entradas para o WGP 31 já estão à venda. Os ingressos para as arquibancadas serão vendidos por R$ 30, enquanto as cadeiras custam R$ 55. Os bilhetes para a área VIP são comercializados por R$ 110. Para todos os setores, é solicitada a doação de 1 kg de alimento não-perecível no ato da compra ou na entrada do evento. O ponto de venda é a academia Company Top Fight – rua Virgínia Zaia, 95, bairro Paulicéia. Na internet, os ingressos podem ser adquiridos pelo site www.ticket360.com.br ou solicitados na Página Oficial de Gustavo Piacentini. O LÍDER também faz a reserva de entradas pelo e-mail contato@lideresportes.com. A estrutura montada pelo WGP conta ainda com área para alimentação e venda de produtos oficiais.

Início