Aikidô

Pela 3ª vez, cidade recebe Yoshimitsu Yamada

Piracicaba sedia Seminário Internacional que deve atrair mais de 800 pessoas

Roney Rodrigues Filho, técnico de aikidô na Escola Aiki Kaizen
O sensei Roney Rodrigues Filho vê o seminário como grande oportunidade (Foto: Leonardo Moniz/Líder Esportes)

Pelo terceiro ano consecutivo, Piracicaba receberá o Seminário Internacional de Aikidô, ministrado por Yoshimitsu Yamada Sensei. O evento será realizado entre os dias 9 e 10 de setembro, e terá como palco o Sesc Piracicaba. As aulas acontecem no tatame de 750 metros quadrados instalado no Ginásio de Esportes da unidade. A programação do seminário, promovido pela Escola Aiki Kaizen Piracicaba, começa sábado (9), às 10h, com encerramento previsto para as 17h30. No domingo (10), as atividades acontecem das 10h às 13h.

Yoshimitsu Yamada Sensei, ex-aluno de Morihei Ueshiba, fundador do aikidô, vem ao Brasil anualmente desde 2011. A expectativa da organização é reunir 500 inscritos, com a presença de praticantes vindos de Argentina, Chile e Uruguai, além de representantes das 27 unidades federativas do Brasil. No total, o evento em Piracicaba deve receber aproximadamente 800 pessoas, conta que inclui o público indiretamente envolvido. O evento é aberto e não tem custos para quem quiser assisti-lo.

OPORTUNIDADE

Além de Yoshimitsu Yamada Sensei, o seminário terá a presença do mestre Peter Bernath (7º grau), da Flórida (EUA). “Nós encaramos a organização do seminário como uma excelente oportunidade de receber bem as pessoas aqui, divulgar o nome de nossa cidade e, claro, difundir o aikidô. Devemos difundir o aikidô para que as pessoas não deixem de treinar por desconhecimento. A arte é nova e nossa missão é promovê-la para que as pessoas tomem conhecimento dessa modalidade que ganha cada vez mais adeptos”, disse Roney Rodrigues Filho, sensei fundador da Escola Aiki Kaizen.

Para o sensei, o evento em setembro voltará os olhos da arte marcial japonesa para Piracicaba, cidade que, de acordo com Roney, é referência na modalidade. “Hoje, Piracicaba é bastante conhecida no cenário do aikidô. Você tem três ou quatro seminários realizados no Brasil e eles acontecem aqui. Para nós, é um orgulho”, afirmou. “Um seminário desse porte toma proporções capazes de divulgar o aikidô em território nacional, todo mundo se beneficia. É um grande ganho para a arte e para a cidade”, completou Roney.

Início