Opinião

Para fazer a lição de casa

O XV de Piracicaba recebe nesta sexta-feira à noite o Rio Claro, na abertura das semifinais da Copa Paulista. O adversário é complicado. Além de ser um clássico regional, o time da Cidade Azul é reconhecidamente uma das forças da competição e terá a vantagem de decidir como mandante. Por isso, a importância de o XV fazer a lição de casa. Uma vitória abriria muito bem o duelo. Se ganhar por dois ou três gols de diferença, melhor ainda.

Para conseguir o objetivo, jogadores e comissão técnica contam novamente com a presença em massa do torcedor, assim como ocorreu na partida diante do Votuporanguense, na semana passada. Temos de admitir que o Rio Claro vive um melhor momento e tem a melhor campanha. Porém, não se pode menosprezar a força quinzista, ainda mais atuando em seus domínios.

Além de buscarem vaga na final, as duas equipes têm como meta também o retorno ao Campeonato Brasileiro. O XV, campeão da Série C em 1995, não disputa da competição desde 2003. Já o Rio Claro esteve na mesma competição em 2007, sua última participação. Na outra semifinal, São Caetano e Ferroviária também começam a briga pela sobrevivência na Copa Paulista. O duelo inicial será realizado no ABC Paulista.

Aposto em uma final entre Ferroviária e XV de Piracicaba. Seria uma linda festa para o interior paulista, com as duas mais tradicionais agremiações fora da capital e excetuando-se, lógico, a dupla de Campinas. A competição está aberta e, diante do equilíbrio, tudo pode acontecer. Só espero que, no final, dê XV. Seria um prêmio depois de uma temporada tão difícil, com perdas fora de campo e rebaixamento dentro das quatro linhas.

Erivan Monteiro é jornalista e cronista esportivo

Início