Opinião

Normal

A 10ª rodada do Campeonato Paulista serviu para consolidar a hegemonia dos grandes clubes de São Paulo. O Santos, que era o único que não liderava seu grupo, passou pelo São Bento, em Sorocaba, por 2×0, e pulou para a primeira colocação do Grupo D, com 16 pontos, o mesmo número da Ponte Preta, mas o clube da Baixada Santista leva vantagem por ter uma vitória a mais.

Assim, Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos recolocam a normalidade no Paulistão. A melhor qualidade técnica, que surge da maior capacidade financeira para contratar os grandes jogadores, faz essa diferença. Se tudo seguir sem surpresas, os quatro grandes ganharão os seus grupos, já que faltam somente duas rodadas para o término da fase de classificação.

Ao analisar a campanha dos rivais paulistas, chegamos à conclusão de que o Palmeiras vem sobrando na competição. Com 24 pontos ganhos, o Alviverde já se garantiu como primeiro do Grupo C e deve assegurar a liderança geral da primeira fase, o que garante decidir o mata-mata no Allianz Parque, inclusive a final do Paulistão, caso o Verdão chegue lá. Uma boa vantagem, pois a equipe não perde em casa há quase dez meses.

O Corinthians, mesmo em meio a um novo desmanche, com a iminente saída de Marlone, Guilherme, Giovani Augusto e Marquinhos Gabriel, não terá dificuldades para se garantir na liderança do Grupo A. Briga ainda pela primeira colocação no geral, mas com chances remotas. São Paulo e Santos, porém, decepcionam. O Tricolor, do técnico Rogério Ceni, ainda falha muito no setor defensivo, o que gera instabilidade. No empate contra o Botafogo, sofreu mais um gol e se manteve como uma das defesas mais vazadas da competição. O Peixe começa a dar sinais de recuperação, mas ainda deve futebol. Somente agora assumiu a ponta de seu grupo, mas com apenas 16 pontos em dez partidas.

A fase mata-mata chega daqui a duas rodadas e vamos ver no que vai dar. O Palmeiras, pelo investimento e pelo que está fazendo em campo, se consolida como grande favorito, mas os rivais vão fazer de tudo para estragar a festa. Além dos quatro grandes, estão na zona de classificação ainda Botafogo, Linense, Novorizontivo e Ponte Preta. Destes, somente a Macaca tem potencial para buscar o título. Os outros times são meros coadjuvantes.

Erivan Monteiro é jornalista e cronista esportivo

Início