Karatê

Natalia deixa a Europa com saldo positivo

Brasileira disputou três competições de alto nível no Velho Continente

Natalia Brozulatto, atleta de karatê da academia Sport Way
Natalia Brozulatto pensa agora na conquista do 10º título brasileiro individual (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

A atleta Natalia Brozulatto encerrou a temporada pela Europa neste domingo (24), ao disputar a etapa de Istambul da Premier League, a Liga Mundial de Karatê. Na Turquia, a brasileira venceu a primeira luta contra a iraniana Hoda Sabbaghian pelo placar de 3×2, mas acabou derrotada nas oitavas de final pela sérvia Marina Radicevic, por 3×1. Com a eliminação da algoz nas quartas final para a russa Inga Sherozia, Natalia não pôde lutar pelo bronze na repescagem. Apesar do revés, a piracicabana saiu de cabeça erguida do tatame.

“Infelizmente, não veio a medalha. Eu me senti muito bem, estava confiante. Sinto que é isso que falta para nós, brasileiros. Precisamos competir mais vezes no circuito mundial, disputar competições deste nível com mais regularidade”, afirmou a lutadora. No período que passou na Europa, Natalia participou de três eventos, sendo duas etapas da Liga Mundial (Alemanha e Turquia), além do Aberto de Budapeste, na Hungria. No total, a atleta fez oito lutas, com quatro vitórias, dois empates e duas derrotas.

No primeiro compromisso pelo Velho Continente, a atleta fez três combates na Alemanha. A piracicabana estreou com o triunfo sobre a polonesa Iga Butrym, perdeu nas oitavas de final para a japonesa Kayo Someya e empatou com a turca Seyda Burucu na tentativa de brigar pelo bronze, mas foi eliminada nos critérios de desempate. A karateca da equipe Sport Way/Selam/JF Comercial/Apreciate/Vertra/Tokaido teve o melhor resultado da ‘turnê’ na Hungria: quatro lutas e três vitórias. Na final, houve empate por 0x0 e a arbitragem decidiu o ouro para a eslovaca Viktória Pillárová.

CALENDÁRIO

Natalia Brozulatto, que é terceiro sargento do Exército Brasileiro, retorna ao país nesta terça-feira (26). O próximo compromisso da atleta está marcado para os dias 11, 12, 13, 14 e 15 de outubro, quando acontece a etapa final do Campeonato Brasileiro, em Salvador (BA). Na ocasião, ela tentará o décimo título individual da competição. No currículo, a lutadora ainda tem cinco títulos sul-americanos, ouro no US Open, prata na Copa do Mundo e mais quatro medalhas de bronze nos abertos de Alemanha, França e EUA. A piracicabana é ainda a atual campeã dos Jogos Pan-Americanos.

Início