Basquete

Na prorrogação, XV cai em São José do Rio Preto

Alvinegro reage e empata no último período, mas é derrotado no tempo extra

Baiano, técnico da equipe masculina de basquete do XV de Piracicaba
Com Baiano no cargo, o XV de Piracicaba tem aproveitamento de 50% (Foto: Adilson Zavarize/Divulgação)

Em jogo decidido apenas na prorrogação, o XV de Piracicaba conheceu nesta quarta-feira (17) a quinta derrota pela divisão especial do Campeonato Paulista masculino de basquete. Jogando fora de casa, a equipe piracicabana perdeu para o América pelo placar de 81×77. Com o resultado negativo – o quinto em sete partidas – o Nhô Quim pode perder a sétima colocação na classificação geral, mas permanece no grupo que avança para os playoffs. O cestinha da noite foi Albert Boykin III, do time mandante, com 22 pontos. No próximo sábado (20), o Alvinegro recebe o quinto colocado Osasco no Ginásio Municipal Waldemar Blatkauskas.

O jogo desta noite em São José do Rio Preto foi marcado pelos altos e baixos de ambas equipes. No primeiro quarto, prevaleceu o equilíbrio. Melhor para o time piracicabano, que levou ligeira vantagem e venceu por 20×19 – destaque para os titulares Fransérgio e Richard, com cinco pontos cada, e Will, que saiu do banco de reservas para anotar seis pontos. Na segunda parcial, o América reagiu e abriu boa vantagem, levando o duelo para o intervalo com a maior diferença da partida naquele momento: 38×30 para os donos da casa.

No terceiro quarto, o Alvinegro dominou o adversário. Novamente liderado por Will, o XV de Piracicaba descontou os oito pontos de diferença sofridos na parcial anterior e empatou o confronto em 52×52. O último período voltou a ser equilibrado – tanto que os dois times empataram em 16×16, fechando o marcador em 68×68 e levando a decisão para a prorrogação. Restando pouco menos de três minutos para o encerramento do tempo extra, o América voltou a abrir vantagem e soube administrar o placar para ganhar o jogo por 81×77.

Início