Karatê

Na Colômbia, grupo viaja em busca de medalhas

Fred, Maria Eliza, Hernani e Natalia Brozulatto disputam título Sul-americano

Diego Spigolon, treinador da equipe piracicabana Sport Way de karatê
O treinador Diego Spigolon está confiante nos resultados da equipe piracicabana (Foto: Líder Esportes)

Com cinco representantes na seleção brasileira, o karatê piracicabano viajou na manhã desta segunda-feira (20) para a Colômbia, onde disputa a partir de amanhã o Campeonato Sul-americano na cidade de Cartagena. O evento termina no sábado (25) e reúne as categorias sub-14, cadete, júnior, sub-21 e sênior. Frederico Felipe, Maria Eliza, Hernani Veríssimo e Natalia Brozulatto, além do técnico Diego Spigolon são os selecionáveis do grupo Sport Way/Selam/Phitofarma/Mil & Ross/JF Comercial/Onodera/Galileo Grill/Tatu Suplementos.

Campeão de tudo que disputou em 2016, Hernani é apontado como candidato ao título na categoria adulta -75 kg. Na atual temporada, a primeira como sênior, o atleta venceu Copa Brasil, Aberto Internacional Arnold Classic e Campeonato Pan-americano, quando derrotou o ídolo e líder do ranking mundial, o norte-americano Tom Scott, pelo placar de 5×0. Após o duelo disputado no Rio de Janeiro, Hernani sabe que chega a Cartagena mais visado. “É natural, os adversários começam a estudar melhor, mas estou com a estratégia preparada e bastante focado”, disse.

O Sul-americano é a segunda competição de Natalia Brozulatto após a conquista do ouro no Pan e a pausa de dez meses em função da gravidez. A atleta ainda não está ‘100%’, mas se encontra em evolução. “Vou estar melhor do que no Campeonato Pan-americano, mas é claro que falta ainda ritmo de competição para chegar a 100% do que eu posso render. O Sul-americano é importante e espero surpreender as adversárias”, afirmou Natalia, que disputa a categoria -68 kg – assim como Hernani, ela entra no tatame apenas no último dia da competição.

CATEGORIAS DE BASE

Maria Eliza representa a seleção brasileira pelo quinto ano na carreira. A karateca vem embalada pela performance apresentada na Seletiva Nacional 2, realizada em maio na cidade de Trindade (GO). “É um momento especial para mim. Espero dar sequência aos bons resultados na Colômbia”, relatou. Na ocasião, a atleta de Piracicaba conquistou a vaga para o Sul-americano na categoria -55 kg com direito a ‘passeio’ sobre as rivais – ela venceu as duas lutas que fez com oito pontos de vantagem.

Mais jovem do grupo, Frederico Felipe é a nova promessa do karatê piracicabano. Há mais de dez anos no esporte, o atleta já foi campeão brasileiro e medalha de ouro no Campeonato Pan-americano. Apesar de toda a bagagem, ele tem apenas 16 anos – Frederico conquistou a vaga na seleção brasileira júnior -55 kg logo na primeira vez que disputou a seletiva da categoria. “Tenho que medalhar no Sul-americano. É uma competição que conta para o Bolsa Atleta (programa de incentivo financeiro oferecido pelo governo federal), o que é super importante. Mas também tem o fato que eu não tenho uma medalha e quero ganhar”, completou.

Início