Futebol

Mateus salva, Romarinho faz e XV volta a vencer

Alvinegro derrota o Oeste por 1x0 e respira na Série A2 do Campeonato Paulista

Romarinho, atacante do XV de Piracicaba
Romarinho marcou de falta o gol da vitória do XV de Piracicaba (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes/Orientec)

Longe de jogar bem, mas dedicado do início ao fim, o XV de Piracicaba conseguiu neste sábado (1º) uma vitória de extrema importância na luta contra o rebaixamento na Série A2 do Campeonato Paulista. Com um gol de falta de Romarinho e papel decisivo mais uma vez do goleiro Mateus Pasinato, o Alvinegro derrotou o Oeste por 1×0, em duelo válido pela 15ª rodada da competição. O resultado deixou o Nhô Quim provisoriamente em 13º lugar, com 18 pontos. Na próxima sexta-feira (7), XV volta a jogar em casa. O rival será o Votuporanguense, às 20h, no Barão da Serra Negra.

Mateus Pasinato salvou o XV de Piracicaba em duas ocasiões contra o Oeste

De uniforme branco, o XV começou o jogo pressionando a saída de bola do adversário. O técnico Vica manteve o time titular que empatou contra o Bragantino, na última quarta-feira (29). A única exceção foi o atacante Bruno Santos. Lesionado, o jogador cedeu o lugar para Bruninho. O substituto foi o responsável pela primeira chance de perigo do jogo. Aos 7min, Bruninho aproveitou o rebote de uma bola lançada para a área do Oeste, limpou a marcação do zagueiro Garutti e bateu com efeito, buscando o ângulo de Rodolfo. O goleiro apenas assistiu a bola contornar o travessão pelo lado de fora.

O XV tinha mais espaço para chegar pelas laterais. No meio-campo, Gilsinho estava sobrecarregado. Aos 14min, Rafael Gomes escapou do marcador e recebeu passe em profundidade. O camisa 9 invadiu a área e finalizou pelo alto, mas sem direção. Aos poucos, a equipe de Itápolis conseguiu fechar o meio de campo e diminuiu o ritmo da partida. A alternativa encontrada pelo Alvinegro foi o chute de fora da área. Aos 27min, Bruninho arriscou da intermediária e deu trabalho para Rodolfo, que espalmou para escanteio.

O Oeste apostava as fichas na bola parada ou encaixar algum contra-ataque. O empate não parecia mau resultado para o time do técnico Roberto Cavalo. No fim do primeiro tempo, a equipe visitante quase abriu o placar na única jogada que criou: o meia Mazinho carregou a bola com liberdade pela direita e enxergou Erick livre, dentro da área. O ponta-esquerda completou o passe de primeira, no contrapé de Mateus Pasinato, mas a bola saiu raspando a trave esquerda do goleiro. No intervalo, Erick foi substituído por Tatuí.

Rodrigo, zagueiro do XV de Piracicaba

O zagueiro Rodrigo completou 100 jogos pelo XV de Piracicaba (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

O XV não mexeu, mas voltou pior para o segundo tempo. A bola queimava nos pés dos jogadores da equipe do técnico Vica: a cada passe errado, a impaciência aumentava nas arquibancadas. As vaias do público vieram aos 15min, quando o lateral-esquerdo Samuel deu bobeira e Raphael Luz teve a chance de marcar, mas Mateus Pasinato voou para salvar o Nhô Quim. A primeira substituição foi a saída de Bruninho para a entrada de Samoel Pizzi. Na base da vontade, o XV assustou o goleiro Rodolfo aos 22min, quando Gilsinho deixou Samuel na cara do gol. O ala concluiu rasteiro para fora.

Aos 30min, Mateus Pasinato salvou o Alvinegro novamente. Após escanteio cobrado por Mazinho, Garutti subiu mais que a zaga e cabeceou firme, mas o goleiro conseguiu evitar o gol. Impaciente, Vica trocou pela segunda vez com Dodô no lugar de Gilsinho. No papel, a estrutura tática foi mantida. Aos 37min, o drama virou festa: em cobrança frontal, quase na linha da grande área, Romarinho bateu por baixo, no canto de Rodolfo. A bola quicou antes de chegar ao goleiro, que aceitou: 1×0. Desta vez, o XV soube administrar o resultado e gastar o tempo nos cinco minutos finais. Alívio em Piracicaba.

FICHA TÉCNICA

Esporte Clube XV de Piracicaba

1  XV DE PIRACICABA

Mateus Pasinato; Zé Mateus, Doni, Rodrigo e Samuel; Clayton, Gilson e Gilsinho (Dodô); Romarinho, Bruninho (Samoel Pizzi) e Rafael Gomes (Carlos Alberto). Técnico: Vica

Oeste Futebol Clube

0 OESTE

Rodolfo; Reginaldo (Natan), Luiz Gustavo, Garutti e Jean; Jailton, Lídio e Mazinho; Erick (Tatui), Raphael Luz (Tiago Adan) e Robert. Técnico: Roberto Cavalo

Gol: Romarinho (XV), aos 37min/2ºT | Árbitro: Thiago Luis Scarascati | Cartões amarelos: Gilsinho (XV); Erick, Garutti, Reginaldo e Lídio (OES) | Público: 1.812 pagantes | Renda: R$ 21.300,00

Início