Kickboxing

Isaias ‘inaugura’ galeria de títulos na temporada

Após o vice-campeonato na Copa São Paulo, atleta vence Campeonato Paulista

Isaias Silva, lutador piracicabano de Kickboxing
Isaias Silva quer render em alto nível na temporada: pensamento positivo (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

“Sem dúvidas, tenho que treinar bastante para ser campeão, que é o meu objetivo em todas as competições que eu entro”. A frase dita por Isaias Silva no dia 20 de fevereiro refletia o pensamento do atleta logo após a derrota na decisão da Copa São Paulo de Tatame, disputada em Santa Isabel. Na ocasião, o lutador de Piracicaba foi vice-campeão no point fight e ficou em quarto lugar no kick light, ambos pela categoria 63 kg faixa preta. Dois meses depois, Isaias Silva pode afirmar que o trabalho deu resultado.

No último fim de semana, ele conquistou em Itu o título do Campeonato Paulista de Kickboxing 2017. A façanha aconteceu na categoria light contact⁠⁠⁠⁠ (57 kg) tatame e foi consolidada contra um velho conhecido: o também piracicabano Jampa Leibholz. “Fico bastante feliz. Ganhei, graças a Deus fui bem na luta que fiz. Venci o Jampa, que é um atleta de muita qualidade, fizemos uma  luta bem legal. Agora é pensar no Brasileiro. Estou muito feliz com o resultado”, afirmou Isaias.

A competição estadual deu inicio a uma sequência de quatro eventos importantes que o lutador terá em 2017: Brasileiro, Sul-Americano e Mundial. O cronograma de Isaias Silva ainda tem reservado para o mês de agosto uma intertemporada de um mês fora do país – o local ainda não está definido. No exterior, o atleta de Piracicaba vai treinar e deve realizar pelo menos uma luta profissional. “A confiança é grande, mas isso também gera muita responsabilidade. Muitas pessoas se espelham em mim, em meu trabalho, então tenho que cada vez mais fazer o melhor em cada evento”, afirmou.

PLANEJAMENTO

Ao contrário do que havia planejado no início do ano, quando decidiu priorizar os eventos de ringue, o lutador vai seguir dando preferência aos torneios disputados no tatame. A mudança de planos foi definida após o Camp Internacional de Kickboxing, realizado no Ginásio de Lutas e Artes Marciais, em Piracicaba. “A visão agora é outra. Vou priorizar a categoria light contact, pois tenho muitas chances de lutar o Mundial na categoria. Depois do Camp Internacional, tive que mudar e focar no tatame, mas no ringue farei algumas lutas profissionais. Muitas coisas boas estão por vir”, concluiu.

Início