Futsal

Iperó tenta eliminar Nhô Quim no ‘tapetão’

Falta de troca de coletes impede realização da final do Campeonato Regional

A equipe feminina de futsal do XV/Rezende
XV/Rezende aguarda reagendamento da decisão ante Indaiatuba (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

A equipe feminina de futsal do XV de Piracicaba/Rezende/Selam deveria disputar no último domingo (20) a decisão do Campeonato Regional, porém, o duelo contra Indaiatuba foi adiado. Isso porque o Utopia de Iperó, derrotado pelo time piracicabano nas semifinais, tenta ‘melar’ a final no ‘tapetão’. Iperó entrou com recurso junto à AIFA (Associação Indaiatubana de Futebol Amador) pedindo a anulação da partida. A alegação é de que as jogadoras do banco de reservas do Alvinegro não fizeram a troca de coletes obrigatória nas substituições.

“Ninguém nunca perdeu pontos por falta de uso dos coletes. O uso é obrigatório, mas houve falha de arbitragem, que não cobrou e fez o jogo normalmente. Estamos tranquilos e aguardamos o reagendamento da final”, disse o técnico do XV de Piracicaba, Aílton Vieira. A reportagem apurou que o recurso de Iperó deve ser negado pela AIFA, que dará continuidade ao Campeonato Regional no primeiro fim de semana de dezembro, com a final da categoria feminina. A decisão deve ser marcada para o dia 4.

Segundo colocado na classificação geral, o time piracicabano Vieira venceu nas semifinais o Utopia de Iperó pelo placar de 3×0, gols de Bruninha, Lyandra e Michelle. A final será em jogo único e terá como palco, provavelmente, o Ginásio do Sol Sol, em Indaiatuba, contra a representação de Indaiatuba. Na primeira fase, as duas equipes empataram por 3×3. O adversário tem como destaque a jogadora Taiane, campeã da Copa Libertadores 2016 pelo Barateiro (SC).

Início