Opinião

Impressiona

A campanha do Corinthians impressiona neste início de Campeonato Brasileiro. São seis vitórias e um empate – perdeu apenas dois pontos, na estreia, para a Chapecoense, e soma 19 em 21 possíveis. Além da alta pontuação, o que se vê é um futebol convincente que faz do atual campeão paulista um postulante ao título após apenas sete rodadas. Nesta campanha quase que perfeita, méritos para o técnico Fábio Carille, que soube armar a equipe com uma marcação forte na defesa e uma transição rápida para o ataque. É essa a proposta corintiana que vem dando frutos: dando a bola para os adversários e explorando as deficiências do rival.

A performance da equipe paulista é muito semelhante à do técnico Tite em 2015, quando o Alvinegro venceu nove partidas e um empate nas dez primeiras rodadas daquele ano em que levantou a última taça do torneio nacional. Neste ano, a proposta é a mesma, ou seja, criar uma ‘gordura’ neste início de Brasileirão para suportar as derrotas que eventualmente virão ao longo da competição sem perder a ponta da tabela ou o G-4, posição que garante vaga direta à Libertadores de 2018.

O Corinthians é um time que não dá espetáculo, mas é eficiente. Com uma defesa sólida, um meio-campo criativo e um ataque rápido, o Timão não sentiu nem as ausências de Rodriguinho e Fágner, que estavam servindo a seleção brasileira. Marquinhos Gabriel entrou muito bem no setor de criação, inclusive dando várias assistências para gols. Na lateral-direita, Paulo Roberto, volante de origem, não fez feio. Tudo isso, aliado à força de sua torcida, que voltou a lotar o estádio, dá a equação exata para a ótima campanha até aqui.

Se será campeão é um longo caminho, ainda mais porque nos próximos dias terá de dividir as atenções com a Copa Sul-Americana. No entanto, é inegável que o time tem padrão tático, valores individuais e vontade de vencer. Toma poucos gols e tem feito muitos em alguns jogos, como diante do Vasco, no Rio de Janeiro. Vamos acompanhar de perto para ver se a então ‘quarta força do Estado’ confirma a bela campanha das sete primeiras partidas ao final da 38ª rodada. É o que a Fiel espera!

Erivan Monteiro é jornalista e cronista esportivo

Início