Opinião

Importante é pontuar

Futebol bonito na Série A2? Esqueça! Vencer os jogos em casa e pontuar fora é o que importa. Os últimos sete pontos conquistados pelo XV foram desta forma. Para corrigir os problemas defensivos, o técnico Cléber Gaúcho precisou abrir mão de um atacante. Sobrou para o Romarinho. A defesa, fazendo o simples, com bola para onde o nariz aponta, tem conseguido se segurar. Coletivamente, o setor defensivo aparenta estar acertado.

Do meio para frente ainda precisa melhorar bastante. Pelos atletas de meio-campo que o XV tem à disposição no momento, acredito que a criação das jogadas só vá melhorar atuando com dois meias. Zé Mateus é bom jogador, tem atuado como meia, mas não é da função. Não vejo necessidade de improvisação. Para mim, o XV tem atuado com três volantes, o que, obviamente, ajudou e muito para a melhora defensiva.

O meia Dodô se destacou nos jogos-treinos, tendo marcado cinco gols. Pelo pouco que vi, mostrou-se ser um jogador mais cadenciado. Tem qualidade, mas para se manter na equipe titular, que joga em velocidade, vai ter que se adaptar. Gilsinho e Barreto estão adaptados a essa velocidade, mas a intensidade do jogo, com a ajuda na marcação, resultam em cansaço e substituição aos 20 minutos do segundo tempo.

O ataque também está deixando a desejar. Embora a bola chegue pouco, nenhum camisa 9 – Bruno Aquino e Rafael Gomes – balançou as redes. Bruninho me surpreendeu. Embora seja um segundo atacante, tem feito um bom campeonato e merecido se manter na equipe titular. Romarinho tem entrado bem nos jogos. Só está no banco, porque o Bruninho teve mais destaque que ele nos primeiros jogos. Alguns dos jogadores contratados, que hoje são titulares, demonstraram que deveriam ter entrado antes na equipe.

O lateral-direito Carlinhos, o zagueiro Marcos Vinicius e o volante Bruno Formigoni, foram destaques nos últimos três jogos. Isso acabou colaborando para que outros jogadores também subissem de produção. Só mais duas contratações podem ser feitas. Analisando o elenco, pensando em acesso e briga por título, acho que o XV precisaria de mais dois meias, dois atacantes e um zagueiro. Não é possível para o Campeonato Paulista, mas já podem começar a coçar a cabeça pensando em Série D, que começa em maio. Alguns contratos mais longos, que alguns jogadores possuem para o segundo semestre, também precisam ser revistos.

Marcelo Sá é radialista e jornalista na Rádio Jovem Pan News Piracicaba

Início