Judô

Heisei busca ‘surpresa’ e afirmação no ABC

Carlos Magnusson Filho e Marcelo Denardi disputam a Copa São Paulo

Beninho Mattos e Carlos Magnusson Filho, técnico e atleta da academia Heisei de Judô
Beninho e Carlos, durante treino na academia Heisei: expectativa e motivação (Foto: Líder Esportes)

Carlos Magnusson Filho e Marcelo Denardi disputam neste fim de semana, em São Bernardo do Campo, a Copa São Paulo de judô, maior competição em número de participantes da modalidade na América Latina – em 2015, foram mais de 3.500 judocas inscritos. Judocas da academia Heisei, Carlos e Marcelo entram no tatame do Ginásio Poliesportivo Adib Moysés Dib em situações opostas no ABC: o primeiro estreia no torneio e tenta colocar em prática quatro anos treinamento; já o segundo é favorito ao título e busca a liderança do ranking nacional para chegar em melhores condições ao Mundial de Fort Lauderdale, na Flórida (EUA).

Carlos é faixa verde e participa da segunda divisão da Copa São Paulo na categoria adulto para pesos pesados. As lutas dele acontecem neste sábado (2). “É a estreia dele na competição, então tudo é novo. Ele nunca participou de um evento tão grande e agora está no meio dos melhores do Brasil. Vai ser importante para adquirir experiência e tentar colocar em prática os ensinamentos na academia”, disse o técnico Beninho Mattos.

EXPECTATIVA

Motivado, Carlos diz que encara a competição como desafio. “Estou muito motivado, é um campeonato muito conhecido e o fato de ter participado de torneios amistosos ou regionais auxilia bastante para superar a questão da falta de experiencia. É um desafio. Vou colocar degrau por degrau: primeiro vencer a primeira luta e assim por diante”, afirmou o judoca, que já traçou o plano para chegar longe em São Bernardo do Campo. “Minha cobrança pessoal é tentar aplicar o que eu aprendo durante os treinos. Se eu conseguir isso, o resultado vem”, garantiu.

Já Marcelo Denardi luta domingo (3) na classe máster meio-pesado. De acordo com Beninho, o experiente atleta tem bons motivos para brigar pelo ouro no ABC. “Ele está super focado, vai disputar o Mundial no segundo semestre e tenta ficar melhor classificado no ranking nacional. Se conseguir ficar em primeiro, a confederação (CBJ) paga a passagem. Ele tem grandes chances e já foi campeão da Copa São Paulo”, comentou o treinador.

Início