Boxe

Grupo volta aos treinos e aguarda calendários

Segundo o técnico Marcos Ribeiro, primeira meta é retomar fundamentos

Gustavo Zandoval, atleta da equipe de boxe Luzitano Piracicaba
O pugilista Gustavo Zandoval tem 25 vitórias por nocaute em seu cartel (Foto: Líder Esportes)

Campeão feminino e masculino nos Jogos Abertos do Interior de 2015, feito inédito para a cidade, o boxe piracicabano iniciou nesta semana sua pré-temporada. O calendário, entretanto, ainda não está definido. Enquanto aguarda, o técnico Marcos Ribeiro, do Centro Esportivo MR de Piracicaba/Luzitano/Unimep/Selam colocou como primeiro objetivo a retomada do trabalho de fundamento com os atletas.

As aulas de boxe desenvolvidas pelo grupo acontecem semanalmente em três pontos diferentes

“Retomamos agora. Vamos esperar o decorrer do ano para ver o que ele oferece para nós em termo de competições. Esperamos que os atletas voltem bem. O importante é ter casa cheia, fazer o trabalho social. O suporte da Selam tem nos ajudado bastante”, disse Ribeiro. “Primeiro vem a parte dos fundamentos. Na sequência, tendo o calendário, sabendo quando serão as competições, introduzimos a parte física. Chegando perto dos eventos, a carga tende a diminuir, mas sem perder a intensidade”, completou o técnico.

Na volta aos treinos, a equipe MR/Luzitano/Unimep/Selam contou com duas caras novas: Aline Claudino e Caio Souza chegam para reforçar o grupo que já tinha nomes de peso no boxe piracicabano, como Bruno Paiva e Gustavo Zandoval. “Vida nova. É focar para fazer um bom campeonato (Paulista), pegar uma boa colocação nas competições, fazer bons treinos… Meu foco em 2016 é melhorar”, disse Aline, que disputa a categoria -64 kg.

MARCOS RIBEIRO 01

O técnico Marcos Ribeiro está otimista em relação ao desempenho da equipe na temporada (Foto: Líder Esportes)

O primeiro objetivo da piracicabana neste ano é conseguir uma vaga no Campeonato Brasileiro. Isso porque o Nacional dá aos vencedoras a Bolsa-Atleta, benefício concedido pelo governo federal para atletas de alto rendimento. A competição será realizada de 3 a 10 de julho, ainda sem local definido. Mas, para chegar lá, Aline precisa se dar bem no Estadual. “O Campeonato Paulista é classificatório para o Brasileiro. É muito importante para mim. O Bolsa-Atleta, querendo ou não, é uma ajuda boa. Meu foco é essa seletiva para o Brasileiro”, disse a boxeadora, que já sabe os pontos em que precisa evoluir. “Posso ser um pouco mais agressiva nas lutas. Tirar um pouco a adrenalina e ficar mais dentro do ringue”, concluiu.

Por outro lado, Gustavo Zandoval quer iniciar 2016 ganhando ritmo de luta. O peso-pesado (-91 kg) tem 38 lutas no cartel, sendo 30 vitórias e oito derrotas – foram 25 nocautes. Dono de um currículo recheado de títulos, entre eles Luvas de Ouro, Forja de Campeões e três medalhas de bronze nos Jogos Abertos do Interior, Zandoval está completamente recuperado de uma fratura no braço direito. “Estamos bem animados. Ano passado foi bem complicado para mim. Eu tinha passado por uma cirurgia, fiquei muito tempo parado. Estamos esperando alguns calendários saírem. De primeira mão, vamos fazer o treinamento, alguns campings. Estamos com uma estrutura bem legal”, disse.

SERVIÇO

As aulas de boxe desenvolvidas pelo grupo acontecem semanalmente em três pontos diferentes. No Ginásio de Lutas e Artes Marciais (bairro Jaraguá), as atividades são realizadas às segundas e quartas-feiras, das 9h às 10h30. Na sede do Luzitano (rua Luis de Camões, 2.616, Vila Monteiro), as ações ocorrem de segunda a sexta-feira, das 14h às 17h. Nestes dois lugares, as aulas são abertas ao público. Já no Centro Esportivo MR de Piracicaba, as aulas são particulares às segundas, quartas e sextas-feiras, em dois horários: 17h30 e 19h. O endereço é rua dona Hilda 1.366, bairro Pauliceia.

Início