Ginástica Rítmica

GR fecha ano com sensação de dever cumprido

Tetra nos Abertos, equipe estreia em evento nacional e conhece referências

Jogos Abertos do Interior - Ginástica Rítmica
Nos Jogos Abertos do Interior, Piracicaba faturou o tetracampeonato (Foto: JAIs/Divulgação)

Um ano de renovação que termina com a sensação de dever cumprido. Assim foi 2016 para a equipe de ginástica rítmica de Piracicaba, conduzida pelas treinadoras Helena Macchi e Mariana Winterstein. O projeto, que contempla atletas nas categorias pré-infanti, infantil, juvenil e adulta, encerrou todas as competições que disputou entre as seis melhores do Estado. De quebra, Piracicaba conquistou pela quarta vez na história o título dos Jogos Abertos do Interior, em São Bernardo do Campo.

Ao longo do ano, a equipe somou resultados considerados expressivos pelas técnicas, como o título do conjunto juvenil na Copa Estadual, organizada pela SELJ (Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude), com Ana Júlia Bortoletto em terceiro na bola e primeiro lugar no arco – Piracicaba também ficou com o ouro nesta categoria. Na estreia em competições brasileiras, o grupo fechou a disputa do Torneio Nacional, em Porto Alegre (RS), com o sétimo lugar na classificação geral.

Além dos campeonatos, a equipe piracicabana teve uma temporada marcada por experiências internacionais com grandes nomes da modalidade: no início do ano, nove ginastas dos times juvenil e adulto acompanharam Helena e Mariana na terceira edição do Curso Internacional de Ginástica Rítmica, atividade que teve como principal atração a presença da ex-ginasta ucraniana Anna Bessonova, bronze olímpico em Atenas (2004) e tricampeã mundial (Espanha 2001, Hungria 2003 e Grécia 2007). Em agosto, foi a vez do Curso de Preparação Física Básica e Manejos de Ginástica Rítmica, com a presença da técnica búlgara Yordanka Zarkova, ex-atleta e técnica do RSG Levski Sofia e da seleção da Bulgária.

Início