Futebol

Ganhar e secar: XV tenta milagre em Itápolis

Confira quais resultados interessam para o Nhô Quim escapar da degola

Fabinho, atacante do XV de Piracicaba
Fabinho é a esperança de gols do XV de Piracicaba em Itápolis (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

O XV de Piracicaba vive amanhã (10) o dia mais dramático do clube desde 2011, ano em que deixou a Série A2 e voltou para a elite do Paulistão após 17 temporadas. O jogo contra o Oeste, em Itápolis, pode selar o rebaixamento do time piracicabano após cinco anos brigando na parte baixa da tabela de classificação e tentativas fracassadas de classificação para a Série D do Campeonato Brasileiro. O ‘drama’ começa às 16h – todas as partidas da última rodada da fase de classificação serão disputadas simultaneamente.

Vencer não é suficiente. Além de garantir a quarta vitória na competição, o Nhô Quim precisa de uma combinação de três resultados em quatro possíveis para escapar da degola – confira as possibilidades abaixo. Matematicamente, são 92% de chances de queda. As quatro partidas que interessam diretamente ao XV de Piracicaba são as seguintes: Botafogo e Capivariano, Linense e Ferroviária, Mogi Mirim e Palmeiras, Água Santa e São Bernardo.  “Temos tudo para sair dessa situação e nós vamos lutar. O tal de rebaixamento que vá lá para Mato Grosso, Ceará, Piauí… Se os torcedores estiverem rezando dois ‘Pai Nosso’, que rezem cinco”, pediu Luiz Carlos Ferreira, o Ferreirão, contratado para substituir o demitido Narciso.

O QUE INTERESSA AO XV?*
Botafogo Futebol Clube

Recebe o rebaixado Capivariano. O empate deixaria a equipe de Ribeirão Preto com 17 pontos e três vitórias, mesma pontuação, mas atrás do XV de Piracicaba em número de vitórias. Derrota ou empate da Pantera ajudam o time piracicabano na briga contra a degola.

Associação Ferroviária de Esportes

Enfrenta o Linense, que tem chances remotas de rebaixamento, fora de casa. Com o empate, a Ferroviária chegaria aos 17 pontos e igualaria o XV de Piracicaba, mas com uma vitória a mais. Apenas a derrota do time de Araraquara interessa ao Nhô Quim neste confronto.

Mogi Mirim Esporte Clube

Recebe o Palmeiras, que precisa da vitória para conquistar a classificação. O Sapão tem quatro vitórias no Campeonato Paulista, mas soma apenas 15 pontos. Empate ou derrota contra o time alviverde rebaixam matematicamente o Mogi Mirim para a Série A2.

Esporte Clube Água Santa

Assim como a Ferroviária, depende apenas do próprio resultado para escapar do rebaixamento, mas enfrenta o São Bernardo, que sonha com a classificação, em duelo regional na cidade de Diadema. O empate ajudaria o XV de Piracicaba, que tem vantagem sobre o concorrente no saldo de gols.

*As combinações são válidas apenas com vitória do XV de Piracicaba contra o Oeste de Itápolis

O treinador levou o elenco para São José do Rio Preto na terça-feira. Ferreirão deve montar a equipe titular com o esquema 3-5-2. No único treino aberto para a imprensa, o volante Adriano Ferreira foi sacado para a entrada do zagueiro Fábio Sanches, que cumpriu suspensão contra o Linense e retorna para formar trio defensivo ao lado de Heitor e Oswaldo. Clayton será o único volante no meio-campo, que ainda deve ter Gerson Magrão e Henrique Santos no setor de criação, além de Daniel Damião e Thiago Carleto nas alas. A provável dupla de ataque é Fabinho e Rivaldinho.

Os meias Héverton (pubalgia) e Gilsinho, além do atacante Patrick, foram vetados pelo departamento médico e estão fora da partida contra o Oeste. Já Aloísio e Fabinho, poupados no início da semana devido ao desgaste físico, têm condições de jogar  domingo. “Nós precisamos de um time kamikaze. Se não for escalado um jogador que atinja um limite máximo, dificilmente você conseguirá qualquer coisa. Eu acredito que vamos sair desta situação”, completou Ferreirão.

FICHA TÉCNICA

Oeste Futebol Clube

OESTE

Leandro Santos; Léo Principe, Brinner, Matheus Salustiano e Fernandinho; Leandro Mello, Guilherme Amorim e Elivelton; Mazinho, Ricardo Bueno e Maurinho. Técnico: Serjão

Esporte Clube XV de Piracicaba

XV DE PIRACICABA

Bruno Brígido; Oswaldo, Heitor e Fábio Sanches; Daniel Damião, Clayton, Gerson Magrão, Henrique Santos e Thiago Carleto; Fabinho e Rivaldinho. Técnico: Luiz Carlos Ferreira

Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza | Horário: 16h | Local: Estádio dos Amaros

Início