Futebol

Futuro do lateral Canavarros no futebol é incerto

Segundo médicos, atleta passará por avaliações para saber se volta a campo

Raphael Salvador e José Roberto Alleoni, médicos do XV de Piracicaba
De acordo com Salvador e Alleoni, Canavarros está entubado, mas seu quadro é estável (Foto: Líder Esportes)

“Pelo menos seis meses”. É essa a previsão do departamento médico do XV de Piracicaba para que o lateral-direito Canavarros seja devidamente avaliado para um possível retorno ao futebol. Nesta terça-feira (26), o diretor adjunto do DM, José Roberto Alleoni, e o médico do clube, Raphael Salvador, falaram sobre o estado clínico do atleta, que teve uma parada cardíaca ontem (25), enquanto o Nhô Quim treinava no estádio Barão da Serra Negra. O quadro do jogador, no entanto, é estável.

Segundo Alleoni, Canavarros sofreu um mal-súbito durante a atividade e teve a parada cardíaca no caminho para o Emcor (Emergência do Coração), onde se encontra internado. “A parada cardíaca não foi aqui. No momento do ocorrido, o pulso dele estava em ordem. Por isso, o desfibrilador não foi usado. Levamos ele para a Emergência do Coração, a 2 km daqui (estádio municipal). Quando chegamos, ele se encontrava em parada cardíaca”, contou.

A situação foi controlada pelos médicos do Emcor e, de acordo com Alleoni, não há sequelas no coração. “Foram feitos todos os procedimentos para reanimá-lo. Ficou um tempo parado, não sei dizer quanto. Agora, o coração dele está funcionando normalmente, não houve lesão alguma. Ele está entubado, pois é um procedimento de 12 a 36 horas. Depois desse período, os médicos avaliarão o quadro dele”, informou.

Alleoni afirmou que, antes de cada assinatura de contrato, o Alvinegro realizou todos os exames exigidos pela Fifa. Por isso, Salvador ressaltou que não existe “explicação plausível” para o episódio – ele também disse que não há qualquer relação entre o horário em que os treinos são realizados e o mal-súbito. “Pode acontecer a qualquer momento com qualquer pessoa”, disse o cardiologista, que destacou o trabalho feito pelos funcionários do XV. “Ele se encontra com vida por causa da equipe treinada que temos. Senão, ele viria a óbito”.

DESFALQUE

Devido a esse problema, o Nhô Quim já procura por um substituto para Canavarros, que pode ser removido da lista de inscritos para o Paulistão mediante a apresentação do laudo médico. O gerente de futebol Marlon Ferreira contou que esse reforço não será necessariamente um lateral-direito, pois há atletas no elenco que podem fazer essa função, como os volantes Clayton e Adriano Ferreira.

12631172_1195915637103525_1342532892_o

Canavarros recebeu os primeiros socorros no Barão da Serra Negra (Foto: Antonio Trivelin/Gazeta de Piracicaba)

Início