Futebol

Fim de novela: André Cunha volta ao Nhô Quim

Jogador assina contrato nesta quarta-feira e reforça equipe para Copa Paulista

André Cunha, colunista
André Cunha foi campeão paulista da Série A2 em 2011 pelo Alvinegro (Foto: Arquivo/Jornal de Piracicaba)

A novela chegou ao fim: o meia André Cunha, de 38 anos, foi anunciado nesta quarta-feira (19) como novo reforço do XV de Piracicaba para a Copa Paulista. Campeão estadual da Série A2 em 2011 e ídolo do clube, o jogador nunca escondeu a vontade de retornar ao Nhô Quim. As negociações, que se arrastavam desde o início do ano, foram concluídas nesta manhã. “Estou muito contente, me identifico muito com o XV. É difícil comentar, quando saí, foi de uma forma que eu não queria. Espero corresponder às expectativas da torcida. Para mim, é motivo de orgulho voltar a um time com tanta tradição”, disse o jogador.

O contrato de André Cunha com o XV de Piracicaba vai até o encerramento da Copa Paulista, com opção para ser renovado visando a Série A2 de 2018. Na primeira passagem pelo clube, o meia foi referência do time que conseguiu o acesso para a elite do futebol paulista, mas saiu pela porta dos fundos no início de 2013, após ser afastado do elenco ao não fazer parte dos planos de Sérgio Guedes para o Paulistão. Agora, ele volta ao Barão da Serra Negra para reescrever sua história. “Vou me dedicar ao máximo e lutar para defender o XV, todo mundo sabe o quanto eu gosto daqui e pode esperar total comprometimento”, afirmou. A data da apresentação oficial ainda não foi confirmada.

COLETIVA

O mesmo ‘filme’ visto em Bauru se repetiu em Mirassol. Mais uma vez jogando o primeiro tempo abaixo do que se espera da equipe, o XV de Piracicaba não conseguiu conquistar a primeira vitória fora de casa na Copa Paulista. Com a escalação titular formada praticamente por atletas da categoria sub-20, já que o meio-campista Paraíba foi o único jogador acima dos 20 anos, o Leão venceu a partida de terça-feira (18) por 2×0. Apesar da melhora apresentada no segundo tempo, as oportunidades criadas pelo Alvinegro não resultaram em gol, situação que incomodou o técnico Evaristo Piza.

“Não adianta a gente jogar 45 minutos. Temos que ter equilíbrio nos dois tempos. Jogar os 90 minutos como jogamos no segundo tempo, a mesma coisa aconteceu em Bauru, cobrei isso deles (jogadores). Achei que no primeiro tempo a gente aceitou muito, contra uma equipe muito mais jovem, parecia que era o contrário: a equipe do Mirassol parecia a mais experiente e a nossa de meninos. O Mateus (Pasinato) não fez uma defesa. No segundo tempo, tentamos concluir e acabamos desperdiçando”, disse Piza. O XV de Piracicaba volta a campo no próximo sábado (22), às 16h, para encarar o Velo Clube no Barão da Serra Negra. A partida é válida pela quinta rodada da Copa Paulista.

Início