Taekwondo

Félix se classifica e fica mais perto das Olimpíadas

Atleta de Piracicaba avança para a segunda fase da Seletiva Olímpica Fechada

Guilherme Félix, atleta de taekwondo do CAR Dojan Nippon
Guilherme Félix é o melhor brasileiro no ranking olímpico dos pesos pesados (Foto: Divulgação)

Guilherme Félix está classificado para a segunda fase da Seletiva Olímpica Fechada, evento que define os representantes do Brasil no taekwondo durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O atleta da equipe Dojan Nippon, de Piracicaba, passou neste domingo (17) pela primeira fase da competição, disputada em Santos, e avançou para a etapa decisiva, que acontece dia 14 de fevereiro, no Rio de Janeiro.

Guilherme Félix venceu duas lutas em Santos e garantiu matematicamente a classificação para a segunda fase

Na Arena Santos, Félix tinha quatro adversários entre os pesos pesados (+80 kg) – ele garantiu vaga para a seletiva porque é o melhor brasileiro no ranking olímpico da categoria. O lutador de Piracicaba estreou com vitória sobre sobre John Lee (primeiro colocado no Grand Slam 2015 -87 kg), acabou derrotado no segundo combate por Maicon Andrade (primeiro colocado no Grand Slam 2015 +87 kg) e, na sequência, venceu Ícaro Miguel Soares (primeiro colocado na seletiva aberta +80 kg) na terceira luta.

O quarto compromisso de Félix seria contra André Bilia  (primeiro colocado no Grand Slam 2015 -80 kg), mas como a combinação de resultados já garantia a classificação matemática, o atleta de Piracicaba não precisou lutar. “A segunda etapa será a mais importante e por isso decidi me poupar um pouco também”, disse Félix. Os três melhores atletas de cada categoria olímpica disputam a segunda seletiva olímpica fechada no Rio de Janeiro. Na ocasião, o Brasil conhecerá os atletas que representarão o taekwondo nos Jogos Olímpicos de 2016.

Início