Futsal

Fabinho pede união dos atletas da modalidade

Segundo piracicabano, jogadores se desvalorizam ao aceitarem salários baixos

Fabinho Mendes, jogador piracicabano de futsal
Fabinho ainda não cogita abandonar a carreira de jogador de futsal (Foto: Gilberto Santos/Liga Paulista)

Sem rumo definido em 2016, o piracicabano Fabinho Mendes desabafou sobre a situação do futsal brasileiro em entrevista ao LÍDER. O ala-esquerdo de 22 anos joga como profissional há duas temporadas e afirmou que o atual momento da modalidade é “desanimador”. De acordo com o jogador revelado pelo XV de Piracicaba, falta investimento no esporte e os atletas são carentes de valorização.

Revelado pelo XV, o ala Fabinho acumula passagens por São Paulo, Bauru e Dracena

“Há atletas que estão se sujeitando a jogar por menos que um salário mínimo. Então, os clubes acabam contratando por esses valores, que são totalmente inviáveis. Os jogadores tinham que se unir nessas horas e não aceitar isso, para nos valorizar e valorizar o esporte. Mas, por eles terem o sonho de ser um jogador de futsal, acabam aceitando passar por isso e, assim, tirando espaço de outros talvez mais qualificados, porém com um custo maior”, disse.

Apesar desses problemas, Fabinho não cogita abandonar o futsal, que, além de ser a profissão dele, também patrocina seu curso de educação física. “Mas, se um dia precisar parar de jogar, eu paro. Não tem problema. Termino os estudos e sigo carreira na minha área. Jogo futsal porque gosto e também pelo esporte dar a oportunidade de estudar e receber um salário. Enquanto isso estiver acontecendo, vou continuar jogando”, destacou o jogador.

INDEFINIÇÃO

Fabinho jogou por Bauru e Dracena em 2015 e, para este ano, estava em negociação com Americana. No entanto, conforme anúncio feito neste sábado (6) pela Liga Paulista, a equipe desistiu de disputar o Estadual. Um dos motivos alegados foi que não há tempo hábil para as reformas do ginásio utilizado pelo time, que não atende às exigências da entidade. Então, as conversas entre o piracicabano e Americana se encerraram.

O ala-esquerdo acumula um título na carreira, da Copa TV Tem de 2014, pelo São Paulo. Seu desejo para 2016 é voltar a vencer uma competição. “Espero estar em uma equipe que possa brigar na tabela de cima dos principais campeonatos e que eu possa desempenhar um grande trabalho”, disse. Enquanto aguarda por uma definição, o atleta tem mantido a forma física em Piracicaba, com fortalecimento muscular em academia e corridas na Estação da Paulista e na área de lazer da Rua do Porto.

FABINHO MENDES 02

Revelado pelo XV de Piracicaba, Fabinho Mendes já defendeu Bauru, Dracena e o São Paulo (Foto: Arquivo Pessoal)

Início