Futebol

Ex-atleta, Isabela Vieira ensina futebol feminino

Ideia surgiu após pedido de meninas que jogavam por lazer com a ex-jogadora

Isabela Vieira, ex-jogadora de futebol
Isabela Vieira, em aula: trabalho dividido nos aspectos táticos e técnicos (Foto: Leonardo Moniz/Líder Esportes)

Isabela Vieira interrompeu, em 2015, a carreira que construiu no futebol. A instabilidade levou ao desânimo; a razão fez com que ela investisse na fisioterapia como futuro particular. Mas, a paixão pelo esporte não cessou. O futebol virou lazer para Isabela, ex-Santos, XV de Piracicaba e seleção brasileira. Nas horas de lazer, ela reunia amigas para jogar. No campo, conheceu garotas que queriam aprender o que ela fazia. O que era hobby ganhou novos contornos de forma natural: há três meses, Isabela dá aulas de futebol para mulheres, algo que a enche de orgulho.

“Algumas meninas me procuraram para que eu pudesse ajudar a desenvolver habilidades relacionadas ao esporte. Eu não imaginava que daria tão certo. Hoje, vejo o quanto as meninas gostam de estar ali e é impressionante como elas têm evoluído”, contou a agora ‘professora’. As aulas acontecem às quartas-feiras, às 21h, na Arena Bernabeu (avenida Comendador Luciano Guidotti, 1.414). O investimento mensal é de R$ 80. De acordo com Isabela, qualquer interessada pode participar sem restrição.

‘É o máximo ver as meninas chegando com os namorados, maridos e filhos, e irem jogar futebol enquanto eles ajudam’

“Elas buscam aprender sobre o esporte, mas também é um momento de lazer. O futebol alivia o estresse e serve como fuga da rotina, além de contribuir com o bem-estar e a qualidade de vida”, afirmou. Nas aulas, Isabela conta com o auxílio de Maria Paula Peroni, amiga e ex-companheira de clube. “Nós procuramos ensinar as partes técnica e tática, as regras e estratégias de jogo, como e quando atacar e defender. Não é simplesmente jogar por jogar. Elas notam a diferença de postura nos treinos e conseguem se corrigir”, contou.

Isabela tem 27 anos e nasceu em Valparaíso, na região de Araçatuba. O gosto pela bola é de infância: aos 6 anos, jogava futsal. Aos 16, ela começou a jogar futebol de campo em Mato Grosso do Sul, fez um teste no Santos e acabou indicada para jogar no futebol do Paraná. “Eu tranquei a faculdade e fui viver meu sonho”, disse. O sonho ao qual se refere Isabela conta com passagens pela seleção brasileira sub-20 e a transferência para o Santos, em 2011. No ano seguinte, a volante chegou ao XV de Piracicaba com dois objetivos: seguir a carreira e com os estudos.

Isabela Vieira, ex-jogadora de futebol

Nas aulas, Isabela ensina fundamentos do esporte às alunas (Foto: Leonardo Moniz/Líder Esportes)

“Nunca quis deixar de estudar. Vinculado ao esporte, eu tinha o sonho de ajudar e cuidar das pessoas. Acredito que a fisioterapia tem me dado condições de proporcionar alívio e bem-estar para as pessoas. Parei de jogar em 2015, pois decidi me aperfeiçoar como fisioterapeuta e imediatamente iniciei minha pós graduação. Além disso, estava um tanto que desanimada com a falta de segurança e instabilidade que existe na modalidade”, afirmou Isabela, que cursa especialização em osteopatia. O que a bola e os estudos ensinaram, ela coloca em prática a cada aula.

“É maravilhoso ver a evolução de cada uma diariamente. Vejo o futebol voltando para mim de uma forma diferente. Eu e a Maria desenvolvemos as aulas e acreditamos que devemos transmitir o que adquirimos de experiência. Procuro ajudá-las também com a minha formação pessoal, lesões e desconfortos acontecem no esporte. É o máximo ver as meninas chegando com os namorados, maridos e filhos, e irem jogar futebol enquanto eles assistem e ajudam. O que para muitos pode ser fora do comum, é um momento de interação entre todos nós. Futebol é isso: amizade, felicidade, integração e paixão”, completou.

Início