Jiu-Jitsu

Estreante na azul, Cardoso busca título inédito

Atleta da Equipe Felipe Vidal participa da primeira edição do Kampfer Fight

Guilherme Cardoso, atleta de jiu-jitsu da Equipe Felipe Vidal
Apesar das lesões, Guilherme Cardoso venceu quase tudo que disputou em 2015 (Foto: Líder Esportes)

Revelação do jiu-jitsu em Piracicaba, Guilherme Cardoso estreia em janeiro em competições para atletas de faixa azul. O primeiro compromisso do lutador está agendado para o dia 31, quando será realizado o Kampfer Fight 2016. O evento acontece no Ginásio de Lutas e Artes Marciais do bairro Jaraguá. Representante da Equipe Felipe Vidal, Cardoso disputa a modalidade com quimôno na categoria leve (-76 kg) e busca surpreender os adversários logo na estreia.

“É um campeonato que promete muito, criou muita expectativa principalmente por ser a primeira edição. Meu objetivo é ser campeão sempre, mas quero chegar no mínimo entre os três primeiros colocados e levar para dentro do tatame o que venho treinando”, disse Cardoso, que sabe as dificuldades que deve encontrar no Kampfer Fight. “É o meu primeiro campeonato de faixa azul. A preparação já muda, porque o nível técnico sobe e a dificuldade aumenta. Peguei a faixa azul faz pouco tempo e vou lutar com atletas que estão na azul há três ou quatro anos”, afirmou.

Em 2015, Cardoso se recuperou de uma fratura no tornozelo, mas venceu cinco das seis competições que disputou

No evento do dia 31, Cardoso deve ter como oponentes os principais nomes da categoria. Um deles, em especial, chama a atenção do atleta piracicabano. “A divulgação do evento está muito forte esta forte e isso certamente trará os melhores da categoria. Todos esperam uma possível luta minha contra um lutador de uma academia rival (Elton Leme) que já ganhou de dois atletas da minha equipe”, afirmou Cardoso.

A expectativa pela luta contra Leme gera certa ansiedade, admite Cardoso. “A ‘pressão’ dos companheiros por acreditarem que eu possa reverter a situação me deixa um pouco ansioso, mas com a preparação que estou tendo com o meu professor Luiz (Bustamante, preparador físico) e meu mestre Vidal (Felipe, treinador), acredito que vai ‘sair faísca’ do tatame. Meu objetivo é ser campeão e manter o ritmo do ano passado”, completou Guilherme Cardoso, que em 2015 se recuperou de uma fratura no tornozelo esquerdo e ainda enfrentou problemas no menisco direito, mas venceu cinco das seis competições que disputou.

Início