Natação

Em Caraguá, Luisa busca título em novo ‘estilo’

Promessa da natação piracicabana não disputa provas favoritas nos Jogos

Reinaldo Rosa, técnico da equipe CCP/CLQ de natação
O experiente Reinaldo Rosa é o técnico de Luisa Braga: planejamento é Tóquio 2020 (Foto: Líder Esportes)

Com 13 equipes classificadas e delegação composta por 150 pessoas, entre atletas, dirigentes, serviço de apoio e técnicos, Piracicaba participa a partir desta quinta-feira (23) da 33ª edição da fase final estadual dos Jogos Abertos da Juventude, que se encerra dia 1º de julho em Caraguatatuba. Aproximadamente 4.000 atletas na faixa etária de 12 a 19 anos disputam a competição. A saída de parte da delegação aconteceu hoje pela manhã, em frente ao Ginásio Municipal Waldemar Blatkauskas.

Principal nome da natação piracicabana, a atleta Luisa Braga entra na piscina terça-feira (28). Confiante, a nadadora traçou como objetivo a medalha de ouro. “Minha expectativa é ganhar os Jogos e melhorar ou pelo menos chegar próximo dos meus melhores tempos, mesmo porque não vamos descansar para nadar nesta competição”, afirmou a atleta, treinada pelo experiente técnico Reinaldo Rosa no CCP (Clube de Campo de Piracicaba).

MODALIDADE

Com o primeiro objetivo do ano alcançado após bater o melhor tempo da carreira nos 400 m crawl no Troféu Maria Lenk, Luisa Braga tem pela frente cinco competições de alto nível técnico no segundo semestre – em setembro, a nadadora participa do Troféu José Finkel, que dá vaga para o Mundial. No mesmo mês, a nadadora representa a cidade nos Jogos Abertos do Interior. A temporada reserva ainda o Campeonato Brasileiro para novembro.

Na fase final estadual dos Jogos Abertos da Juventude, porém, a atleta não vai disputar as duas provas favoritas – 400 m e 800 m -, que não fazem parte do cronograma da competição. Luisa, que tem 17 anos e visa os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, prefere encarar a situação como positiva. “Eu acho que é bom isso, vou poder testar algumas estratégias novas em relação ao meu estilo”, declarou a atleta, que vai nadar, 50 m e 100 m livres, além dos 100 m borboleta em Caraguatatuba.

Início