Karatê

Diego assume seleção feminina no ciclo olímpico

Promovido pela CBK, técnico piracicabano passa a ser o coordenador da equipe

Diego Spigolon, treinador da equipe piracicabana Sport Way de karatê
Diego Spigolon está na seleção desde 2014 e também comanda a equipe piracicabana (Foto: Líder Esportes)

O técnico piracicabano Diego Spigolon assumiu a coordenação da seleção feminina de karatê no primeiro ciclo olímpico da modalidade. A informação foi confirmada pelo diretor técnico da CBK (Confederação Brasileira de Karatê), William Cardoso, na terça-feira (24). A entidade o convidou para o cargo em reunião na semana passada, em São Paulo.

“Além das qualidades técnicas que o Diego apresentou, ele também se destacou pelo trabalho científico que desenvolve. Ele é um estudioso da área. Além disso, a questão de saber trabalhar em grupo com a própria comissão técnica”, disse Cardoso. Ele também destacou que o treinador é “organizado e pesquisador”.

Neste mês, a confederação mudou de mandato, mas manteve a diretoria. A gestão, que termina em 2020, trabalha de olho nos Jogos Olímpicos do mesmo ano. A competição será em Tóquio, no Japão. O COI (Comitê Olímpico Internacional) decidiu pela inclusão do karatê no evento em agosto de 2016.

“O que me deixou muito feliz é que vou poder colocar o meu trabalho com certa autonomia, fazendo as coisas da forma que realmente acredito e dando a minha cara para esse trabalho. Feliz também porque, como é primeiro ciclo olímpico do karatê brasileiro, vou também estar bem ligado a uma possível participação dos atletas”, declarou Spigolon, que é um dos técnicos da CBK desde 2014 e também comanda a equipe piracicabana da modalidade.

Início