Futebol

‘Deveriam enxergar o lado divertido do futebol’

Boaventura vê repercussão após entrevista de Bonfíglio como 'falta de notícia'

Renato Bonfíglio, diretor de futebol e vice-presidente do XV de Piracicaba
Renato Bonfíglio está sendo pressionado para renunciar o mandato no XV de Piracicaba (Foto: Líder Esportes)

O presidente do XV de Piracicaba, Rodrigo Boaventura, defendeu nesta quarta-feira (27) o vice e diretor de futebol, Renato Bonfíglio, pelas críticas recebidas após a entrevista concedida para a Rádio Difusora. Na ocasião, Bonfíglio colocou a culpou a amizade entre os jogadores, os atletas que frequentavam igrejas e a falta de ‘putaria’ pelo rebaixamento do time para a Série A2 do Campeonato Paulista. “Talvez o problema tenha sido não trazer dois ou três ‘porras-loucas’. Tinha muita amizade no elenco e grupo de igreja. Jogador tem que ir para putaria”.

A entrevista do cartola chegou ao jornal Sport, da Espanha, que publicou a notícia na última sexta-feira (22). Boaventura cutucou a imprensa e apontou a “falta de notícia” pela repercussão do caso. “A declaração do Renato não foi para tudo isso. Está parecendo falta de notícia. Acho que deveria ter sido levada pelo lado divertido do futebol. Foi uma declaração que ele fez e tomou um tamanho absurdo, mas não acho que era para tudo isso. Quando se alimenta tanto uma informação como esta, é porque falta notícia para publicar”, afirmou o presidente.

Início