Automobilismo

Debaixo de chuva, Copa ECPA define campeões

Rodrigo Tavares e Alexandre Peppe fecham ano com o título da competição

Copa ECPA de Velocidade - última etapa 2016
As chuvas interferiram diretamente no desempenho dos pilotos na última prova (Foto: ECPA/Divulgação)

A chuva que caiu sábado (10) interferiu diretamente nas finais da Copa ECPA de Velocidade. As provas definiram os campeões de duas divisões da categoria Marcas & Pilotos, que disputaram duas corridas que começaram com o safety-car puxando a fila, mas foram recheadas de ultrapassagens e brigas por posições. Na Fórmula Vee, apenas uma bateria foi disputada, enquanto a segunda foi cancelada devido às chuvas. Válidas pela oitava e última etapa da competição, as provas foram realizadas no autódromo do Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo.

Campeão antecipado, Rodrigo Stefanini venceu as duas provas finais

A largada com safety-car foi decidida pela direção de prova por conta do volume de água que caiu sobre a pista, minutos antes da largada. Na segunda bateria, a situação se repetiu e novamente a opção pela cautela colocou os pilotos atrás do carro de segurança. A decisão se mostrou acertada e nenhum acidente foi registrado nas duas baterias, quando os carros partiram atrás do safety-car, com o carro de segurança sendo recolhido na segunda volta.

Mesmo com o título antecipado da divisão super, Rodrigo Stefanini não deu mole e venceu as duas provas finais. Alexandre Souza foi o vice-campeão. As corridas do fim de semana definiram os campeões das divisões light e novatos. Na primeira, Rodrigo Tavares protagonizou duelo com a dupla formada por Fábio e Rodolfo Soares, saindo vencedor. Na segunda, Tavares adotou postura mais cautelosa e venceu novamente para confirmar o título na categoria de acesso.

“Foi a única etapa com chuva neste ano e não foi fácil pilotar com a pista cheia d’água. Mas, estou muito satisfeito pela minha performance, consegui superar tudo para ser premiado com o título, que vem como um verdadeiro presente de Natal”, afirmou Tavares. A dupla formada por Carlos Will e Fernando Júnior finalizou a temporada com o vice-campeonato. Na categoria dos novatos, divisão que recebe os iniciantes da categoria, Alexandre Peppe liderou praticamente o campeonato inteiro e vinha perdendo rendimento nas etapas finais, mas teve tranquilidade para fazer o que precisava e garantir a taça.

CANCELADA

“Foi um dia incrível, tudo saiu perfeito e estou muito feliz pela conquista. Ficar com o título é sempre muito gratificante”, afirmou o campeão. Apesar da pressão, o piloto também venceu as duas provas da etapa final para conquistar o título. Em uma arrancada improvável nas três últimas etapas, Carlos Freitas Gouveia acabou ficando com o segundo lugar na classificação geral. Pela Fórmula Vee, a segunda bateria ficou comprometida com as chuvas e acabou cancelada. Na única prova do dia, a vitória ficou com Cristiano Denardi, seguido por Cesar Gallagi e Heitor Nogueira Filho.

Início