Futebol

De olho na Série D, XV inicia fase final da Copinha

Time enfrenta o Votuporanguense, 400 km longe de casa, pelas quartas de final

Votuporanguense x XV de Piracicaba - Copa Paulista
Com a vantagem de decidir em casa, o XV deve ser cauteloso em Votuporanga (Foto: Michel Lambstein)

Após 400 km de viagem, o XV de Piracicaba entra em campo às 16h, neste sábado (22), para enfrentar o Votuporanguense na Arena Plinio Marin, em Votuporanga. O jogo abre as quartas de final da Copa Paulista, competição que dá ao vencedor o direito de disputar a Série D do Campeonato Brasileiro, em 2017. Dois empates são suficientes para o Nhô Quim avançar para a semifinal. Embora o discurso seja de buscar a vitória fora de casa, o time piracicabano deve jogar com o regulamento debaixo do braço.

“As vantagens que temos podem, sim, interferir na escalação. Nós temos que usar todos os artifícios à disposição para aproveitar o que a competição demanda. Jogar por dois resultados iguais na Copa Paulista é algo significativo e nós temos que saber utilizar isso a nosso favor”, disse o técnico Cléber Gaúcho, em entrevista coletiva. O treinador tem poucos desfalques para o confronto. Apenas zagueiro Nando e o atacante Bruninho, além dos laterais Vitor e Cleber, estão entregues ao departamento médico.

RETORNO

Em contrapartida, o Nhô Quim conta com a volta do meia Barreto, que cumpriu suspensão diante do Água Santa. O lateral Zé Mateus, o volante Clayton e o atacante Romarinho, poupados na última partida, devem retornar à equipe titular. O meia Gilsinho, que também foi poupado devido ao inchaço no tornozelo, está à disposição. O XV de Piracicaba deve entrar em campo com Mateus Pasinato; Zé Mateus, Lucas Cunha, Rodrigo e Samuel; Maranhão, Clayton e Barreto; Samoel Pizzi, Romarinho e Rodolfo. O volante Fraga é opção caso Cléber Gaúcho queira reforçar o meio-campo – Samoel Pizzi deixaria o time.

“O sistema mata-mata exige inteligência, pois nem sempre o time mais qualificado tecnicamente sai vencedor ao final das duas partidas. Teremos a vantagem de jogar por dois resultados iguais, de definir a vaga em casa e precisamos usar isso ao nosso favor. É claro que vamos entrar sempre para vencer, mas temos que usar todas as armas que temos à disposição”, disse o zagueiro Lucas Cunha, em entrevista concedida nesta quinta-feira (20).

Início