Futebol

Danilo Melega renova contrato por um ano

Atacante de origem, jogador se destacou na lateral direita na Copa Paulista

Danilo Melega, lateral-direito do XV de Piracicaba
Danilo Melega seguirá no XV de Piracicaba mais uma temporada (Foto: Marcelo Germano/Jornal de Piracicaba)

O XV de Piracicaba definiu nesta terça-feira (14) a situação de mais um jogador que disputou a edição 2017 da Copa Paulista. O atacante Danilo Melega, de 23 anos, renovou contrato com o clube por um ano. Piracicabano, Melega foi formado na base do Alvinegro e retornou ao XV para a disputa da Copa Paulista. Relacionado para 20 jogos, de um total de 22 partidas, o jogador passou a se destacar na lateral direita. A primeira vez que foi escalado no setor foi no dia 26 de agosto, na vitória por 2×1 sobre o Noroeste, no Barão da Serra Negra.

“Durante a competição, houve uma necessidade e, naquela oportunidade, o Piza (Evaristo, técnico) perguntou se eu tinha dificuldades em atuar por ali. Já tinha desempenhado a função e tenho evoluído na lateral direita, sempre ouvindo os conselhos e as instruções. Jogo a jogo, eu tenho conseguido me adaptar cada vez mais”, disse Danilo Melega. O elenco do XV de Piracicaba se reapresenta no dia 4 de dezembro para iniciar a preparação para o Campeonato Paulista da Série A2 de 2018.

CALENDÁRIO

A FPF (Federação Paulista de Futebol) deve divulgar até a próxima sexta-feira (17) a tabela e o regulamento do Campeonato Paulista da Série A2 de 2018, atendendo ao artigo nono do Estatuto do Torcedor, que prevê a divulgação com até 60 dias antes de seu início. O Estadual começa dia 17 de janeiro e tem término previsto para o dia 7 de abril.

A competição contará com 16 clubes que se enfrentam em turno único. Após 15 rodadas, os dois piores classificados serão rebaixados para a Série A3 do Paulista, em 2019, enquanto os quatro primeiros colocados avançam para as semifinais, que serão disputadas em jogos de ida e volta. Em caso de igualdade na soma dos placares, a classificação será decidida em cobranças de pênaltis. As duas finalistas sobem para a Série A1 e decidem a competição em jogo único, na casa da equipe com a melhor campanha. Além do acesso, o campeão receberá R$ 280 mil, enquanto o vice terá direito a R$ 170 mil.

Início