Futebol Americano

Cutters viajam ao Rio em busca da classificação

Time piracicabano enfrenta os Falcons, em Volta Redonda, pela Liga Nacional

Marco Bucci, head coach do Piracicaba Cane Cutters
Bucci confia no potencial da equipe para vencer o duelo contra os Falcons (Foto: Mauricio Bento/Líder Esportes)

Tudo ou nada. No primeiro jogo fora do Estado, o Piracicaba Cane Cutters enfrenta neste domingo (17) os Falcons, em Volta Redonda (RJ), com a obrigação de ganhar para seguir vivo na Liga Nacional de Futebol Americano. O duelo acontece às 14h e encerra a fase de grupos da competição. O triunfo, porém, não é suficiente: para garantir vaga nos playoffs, o time piracicabano precisa vencer o rival por seis pontos de diferença. Pelo complemento da rodada, o Sorocaba Vipers enfrenta Mooca, em duelo que também está agendado para domingo, às 10h, em Guarulhos.

No ano de estreia na Liga Nacional, os Cutters somam duas derrotas e uma vitória em três partidas realizadas. Logo no primeiro jogo, em julho, os piracicabanos encontraram a primeira adversidade: o compromisso contra o Sorocaba Vipers foi suspenso devido às irregularidades no campo do Centro Esportivo do Jardim Simus, que apresentou tamanho inferior ao mínimo exigido. Pelo regulamento, o placar deveria ter sido registrado como 49×0 para os Cutters, mas a direção do time piracicabano atendeu ao pedido da Liga e decidiu abrir mão do WO para remarcar o confronto. Resultado: as duas equipes se enfrentaram dia 26 de agosto, com vitória de Sorocaba por 11×6.

O jogo contra o Fluminense também teve a data alterada, devido à morte de João Pedro, filho de Abel Braga, técnico de futebol da equipe carioca, em julho, após cair do apartamento onde mora a família do treinador. O duelo foi reagendado para dia 12 de agosto e terminou com resultado positivo para o time das Laranjeiras, que abusou do jogo terrestre para fazer 28×0, forçando as jogadas com o running back americano Yolandus Pratt, responsável por três touchdowns. Após dois períodos equilibrados, com apenas seis pontos de diferença, os Cutters sofreram cinco desfalques no segundo tempo, situação que comprometeu a linha defensiva.

REABILITAÇÃO

A reabilitação aconteceu há duas semanas, quando os Cane Cutters conquistaram a primeira vitória na competição nacional, ao bater os Destroyers, de Mooca, pelo placar de 13×6. De acordo com o head coach Marco Bucci, foi a exibição mais completa da equipe na Liga Nacional. “Ofensivamente, o jogo foi melhor e a explicação é simples: pela primeira vez, pudemos contar com a linha ofensiva completa. Não foi o ideal, mas a evolução é clara. O resultado positivo nos deu muita moral. Sabemos que a classificação não depende apenas de nós, mas vamos nos concentrar em nosso trabalho”, disse.

Início