Futebol Americano

Cutters quer flag ‘aprendendo e competindo’

Mais experiente, time piracicabano cresce e planeja ano com otimismo

Em 2016, o flag football passou por ano de transição (Foto: Arquivo/Mauricio Bento/Líder Esportes)

Headcoach da equipe de flag football dos Cane Cutters em 2016, Luiz Franco avaliou a última temporada como satisfatória e faz projeções positivas para 2017. “Nosso ano correu dentro das expectativas. Com a hegemonia dos Cane Cutters no flag, nossos veteranos partiram para um novo desafio, com a disputa na modalidade full pad”, explicou Franco. Com a transição dos atletas mais experientes para a modalidade equipada, os Cutters praticamente transformaram o flag em ‘categoria de base’, conforme diz o headcoach.

A leitura positiva sobre o ano passado deixa Franco otimista

“Como nosso elenco era praticamente um ‘novo Cutters’, o maior objetivo era o de ensinar estes novatos a jogar futebol americano. O resultado foi bastante satisfatório, considerando que alguns destes novatos não só aprenderam, como passaram a integrar a equipe de full pad. A nossa participação na primeira competição foi coroada ao vencermos o último jogo que disputamos em 2016”, avaliou.

A leitura positiva sobre o ano passado deixa Franco otimista para 2017. Bicampeão paulista de flag football masculino, o Piracicaba Cane Cutters inicia as atividades com a seletiva para as equipes de futebol americano (equipado), flag football masculino 8×8 e flag football feminino 5×5. As avaliações serão realizadas no dia 29 de janeiro, domingo, a partir das 9h, no campo localizado próximo à pista de skate do Parque da Rua do Porto.

Luiz Franco, headcoach dos Cane Cutters Flag Football

Luiz Franco é headcoach dos Cane Cutters Flag Football (Foto: Divulgação)

“As expectativas para 2017 são boas. Temos uma nova diretoria, mantivemos cerca de 30 jogadores no elenco e faremos a nova seletiva em breve. O objetivo permanece o mesmo: ensinar futebol americano. E contando com a experiência do ano passado, queremos ter uma equipe também competitiva”, completou. As inscrições estão abertas e devem ser feitas via internet pelo link goo.gl/2n8WZE. Não há custos para efetuar as inscrições. A idade mínima para participar é de 16 anos.

VONTADE

Os participantes devem levar água, chuteiras e roupas leves para a prática esportiva. Segundo Franco, não há distinção em relação ao nível técnico dos candidatos. “Para o flag, basta ter boa condição física e vontade de aprender a jogar. Já para o full pad, alguma experiência é necessária, pois a equipe é formada por atletas que já possuem uma importante bagagem adquirida em anos competindo no flag”, ponderou.

Início