Basquete

Corinthians e Palmeiras desistem de competição

Grandes da capital abrem mão do Campeonato Paulista masculino de basquete

Basquete Masculino - Palmeiras
O Palmeiras inscreveu a equipe, mas decidiu não disputar o Estadual (Foto: Fabio Menotti/Agência Palmeiras)

Corinthians e Palmeiras desistiram de disputar a divisão especial do Campeonato Paulista masculino de basquete. A decisão foi anunciada em reunião realizada no início da semana na sede da FPB (Federação Paulista de Basquete), em São Paulo. A saída dos dois clubes mexe mais uma vez com a estrutura da competição, que teve o início adiado do dia 9 para o dia 28 de julho – a ideia inicial do presidente da FPB, Enyo Correia, era abrir o torneio com o dérbi no Ginásio do Ibirapuera. A nova mudança no calendário alterou novamente os planos do XV de Piracicaba, que deve estrear em 2016 apenas nos Jogos Regionais.

Para movimentar o elenco, a comissão técnica do time piracicabano agendou três amistosos – o Alvinegro venceu a seleção do Chile, um combinado de equipes universitárias dos Estados Unidos e a representação de Jundiaí. No período, houve mudança de comando na comissão técnica do Alvinegro: o experiente Baiano virou gerente técnico e o sérvio Dusan Radivojevic assumiu o cargo de treinador.

REGULAMENTO

Sem Corinthians e Palmeiras, a divisão especial do Campeonato Paulista 2016 deve ser disputada por 11 equipes. O clube do Parque São Jorge sequer chegou a montar o elenco para o Estadual, enquanto o Alviverde fez a inscrição mas voltou atrás por falta de patrocínio. A saída dos dois times acabou com a possibilidade de emplacar o regulamento com um grupo do interior e outro da capital. Assim, o torneio deve ser disputado no sistema de todos contra todos em turno e returno, com os oito melhores avançando para os playoffs. A expectativa é de que a FPB divulgue a tabela de jogos na próxima terça-feira (5).

Início